Vaticano nomeia Dom João Justino como arcebispo de Goiânia no lugar de Washington Cruz

O Papa Francisco aceitou nesta quinta-feira (09/12), o pedido de renúncia apresentado por dom Washington Cruz. O afastamento do governo pastoral da

Postado em: 09-12-2021 às 09h31
Por: Nielton Soares
Papa Francisco aceitou nesta quinta-feira (09/12) a renúncia do atual representante da Igreja Católica na região Metropolitana da Capital | Foto: divulgação

O Papa Francisco aceitou nesta quinta-feira (09/12), o pedido de renúncia apresentado por dom Washington Cruz. O afastamento do governo pastoral da arquidiocese de Goiânia (GO), segundo o documento, foi motivado por idade.

Com isso, o Vaticano nomeio como sucessor o arcebispo de Montes Claros (MG), dom João Justino de Medeiros Silva, de 54 anos. Ele é presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e a Educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

O nome de João Justino foi divulgado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), após ser nomeado pelo papa Francisco e confirmada pelo Vaticano.

Continua após a publicidade

O sacerdote mineiro assume a arquidiocese goiana substituindo Cruz, que está frente da igreja desde 2002 por dom Washington Cruz, é o mineiro dom João Justino de Medeiros Silva, de 54 anos, atual arcebispo de Montes Claros (MG).

A assessoria de imprensa da arquidiocese foi procurada, mas informou que não há previsão da data que o novo arcebispo irá tomar posse.

Que é?

Dom João Justino de Medeiros Silva foi ordenado sacerdote em 13 de dezembro de 1992, e na mesma Arquidiocese, ocupou os seguintes cargos: vigário paroquial; Pároco; coordenador regional de Pastoral; coordenador do Conselho Presbiteral; professor, vice-reitor e reitor do Seminário Arquidiocesano Santo Antônio.

Além disso, foi membro do Conselho Presbiteral e do Colégio de Consultores; professor e coordenador do curso de Teologia; vigário forâneo; vigário episcopal para a Cultura, Educação e Juventude.

Dom João Justino foi perito da Comissão Episcopal para a Doutrina da Fé da CNBB. Na Arquidiocese de Juiz de Fora, foi Vigário Episcopal para a Cultura, Educação e Juventude e secretário do Colégio de Consultores.

Ele é doutor e mestre em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma e foi professor e coordenador do curso de Teologia do CES/JF. Em 2004, tornou-se reitor do seminário arquidiocesano de Juiz de Fora (MG).

Veja Também