Vídeo mostra momento em que ex-marido agride influenciadora digital, em Minas Gerais

Postado em: 09-12-2021 às 10h36
Por: Giovana Andrade
O caso ocorreu em frente a um shopping em João Pinheiro, Minas Gerais; o agressor, Sócrates Porto, segurava o filho do casal no colo quando atacou a ex-companheira. | Imagem: Reprodução

A influenciadora digital Nayara Oliveira, da cidade João Pinheiro, em Minas Gerais, foi agredida pelo ex-marido, que carregava o filho do casal no colo, e o momento foi registrado por uma câmera de segurança. O caso ocorreu em 29 de novembro, quando o ex-companheiro dela saía de um shopping center com o filho. No sábado (04/12), o agressor acabou preso.

O vídeo da agressão repercutiu nas redes sociais nos últimos dias. Nas imagens, é possível ver que a vítima corre até ele e tenta impedir que o homem deixe o local. Ele dá um chute e socos nela, depois a pega pelo pescoço e a derruba no chão. Tudo isso ocorre com a criança nos braços do pai, que mantém a ex-mulher na calçada mesmo com a tentativa de intervenção de testemunhas. A criança depois é entregue a uma mulher, enquanto as agressões continuam.

Atenção! O vídeo a seguir contém violência e imagens fortes.

De acordo com o registro policial, Nayara havia levado o filho para ficar com o pai, Sócrates Porto, por algumas horas no centro de compras. Segundo o boletim de ocorrência, Sócrates ficou irritado depois que uma amiga da influenciadora informou que a visita assistida deveria durar uma hora e meia.

O homem começou a xingar a mulher e saiu, sem autorização, do shopping com a criança. Ao perceber que ele estaria levando a criança embora, a mãe correu até o pai da criança. A mulher se feriu no pescoço e nas costas, e foi encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) onde foi medicada.

O agressor foi preso no sábado (04) e, segundo a Polícia Civil, o inquérito da agressão já foi concluído. No levantamento feito, foi informado que havia outros registros de agressões dele contra a ex-mulher, e que já existe uma medida restritiva. Eles foram casados por sete anos e se separaram há cerca de cinco meses.

Na terça-feira (07), a vítima postou vídeos em sua rede social, na qual tem 66,3 mil seguidores, se manifestando sobre o caso e agradecendo mensagens de apoio. “A vida tem que seguir, afinal de contas eu tenho um filho que depende de mim, que tenho que criar e sustentar e vamos continuar os trabalhos e agradecer todo o carinho”, disse Nayara Oliveira.

Compartilhe: