Homem suspeito de subtrair veículos de locadora é indiciado por furto qualificado

Postado em: 16-12-2021 às 11h48
Por: Giovana Andrade
Lucas Martineli Ferron foi preso nesta quarta-feira (15) em Goiânia após alugar Jeep Compass e rejeitar as tentativas de contato da locadora. | Foto: Reprodução

Um homem de 38 anos foi preso, nesta quarta-feira (15/12), por furto qualificado mediante fraude após alugar, em 13 de outubro deste ano, um veículo Jeep Compass de uma empresa de locação sediada em Goiânia. O mandado de prisão preventiva contra Lucas Martineli Ferron foi cumprido pela Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), com o apoio da Delegacia da Polícia Civil de Nova Alvorada do Sul (MS).

Conforme informado pela PCGO, no dia 20 de outubro Lucas comunicou à locadora que havia se envolvido em um acidente com o referido veículo, e se comprometeu a tomar as providências em relação ao seguro e ao suporte do outro envolvido no acidente. Ele voltou a entrar em contato três dias depois, perguntando se tinha outro carro disponível para ele se deslocar até que o Jeep fosse consertado pela seguradora. A empresa então disponibilizou um Fiat Mobi para ele.

Posteriormente, a locadora tomou conhecimento de que Lucas não havia pago a franquia para o conserto do Jeep na seguradora, alegando que não tinha crédito suficiente disponível no cartão de crédito e que a namorada lhe emprestaria a diferença assim que retornasse a Goiânia, já que estava no estado do Espírito Santo. No entanto, desde o último dia 03 de novembro, a empresa não conseguiu mais contato com o suposto autor.

O veículo Jeep foi localizado, no dia 08 de novembro, em um galpão no Setor Jardim Itaipu, Goiânia. O proprietário do local informou que estava fazendo um negócio com Lucas, trocando o veículo em um lote, mas que ele havia sumido. Nesta mesma data, policiais militares localizaram o veículo Fiat Mobi abandonado e com a chave na ignição no loteamento Moinho dos Ventos, também em Goiânia. Ao fim, lucas foi indiciado por furto qualificado mediante fraude.

Compartilhe: