Itens tradicionais para a Ceia de Natal registram aumento de 30% na Capital

Postado em: 17-12-2021 às 08h14
Por: Daniell Alves
Segundo especialistas, este aumento está relacionado à alta do combustível e ao preço do dólar | Foto: Reprodução

Dos itens tradicionais para a Ceia de Natal, o peru foi o que mais registrou aumento em relação ao ano passado. O crescimento foi de 30%, mostra pesquisa do Procon Goiás. Por categoria, os panetones e carnes registraram aumento médio anual de 17,69% e 6,81%, respectivamente. Já nos preços das frutas houve redução média anual de 6,25%. Os pesquisadores visitaram, entre os dias 7 e 13 de dezembro, nove estabelecimentos comerciais localizados em Goiânia.

Este aumento está relacionado à alta do combustível e ao preço do dólar, explica a economista Gestora em Finanças, Tassiana Freitas. “As pessoas vão ter que se organizar bastante para não pagar um preço muito alto. A recomendação é que elas pesquisem e façam uma lista para comprar apenas o essencial”, diz. 

A dona de casa, Maria Creonice Pereira, 55 anos, conta que já fez a lista dos itens mais importantes para a ceia de réveillon. Para ela, as datas são uma forma de celebrar o amor com as pessoas mais próximas. “A gente sempre deixa pra última hora, mas vai dar certo. Se cada um contribuir com um pouquinho, dá uma bela ceia”, diz. 

No total, foram coletados pela pesquisa os preços de 103 itens tradicionais como castanhas, frutas, panetones, peru, chester, tender, lombo, pernil, bacalhau, azeites e bebidas em geral. De acordo com o levantamento, no caso das frutas, é natural uma variação significativa, pois existem dias de promoção de hortifrúti que contribuem para a oscilação de preços. A maior foi identificada no quilo da nectarina nacional, cujo menor preço encontrado foi de R$ 4,09 e o maior R$ 19,90 – diferença de 386,55%. 

Frutas importadas 

A orientação é para que os clientes tenham atenção também com as frutas importadas, já que a maior procura nesta época do ano consequentemente provoca uma elevação dos preços. Por isso, a pesquisa se faz tão necessária. “Antes de comprar as bebidas, tenha cautela. Os preços podem atingir uma diferença de 268%, como é o caso do espumante Salton Brut, de 750 ml (R$32,50 a R$ 119,90)”, alerta. 

Presentes

Para aqueles que pretendem comprar presentes para o amigo secreto, Natal ou confraternização neste fim de ano, a dica é que fiquem atentos aos preços. O Procon Goiânia verificou os valores de 34 produtos mais procurados neste período, como: sapatos, eletrônicos, brinquedos, perfumes, acessórios e óculos de sol.

O consumidor que quiser presentear com artigos de beleza vai encontrar uma variação de até 285,71% no preço do batom vermelho. Outro item que apresentou uma grande diferença de preços foi o creme hidratante (189,14%). Já quem pretende gastar um pouco a mais, um óculos de sol teve variação de 393,61%.  

“Para ter seus direitos resguardados na hora da troca, o consumidor deve guardar a nota fiscal ou recibo de compra, termo de garantia e a etiqueta no produto”, alerta a presidente do Procon Goiânia, Carolina Pereira. (Especial para O Hoje).

Compartilhe: