GarantiGoiás: associação que ajuda mais de 420 empresas em operações financeiras está sob nova diretoria

Postado em: 24-12-2021 às 08h45
Por: Maria Paula Borges
Ex-presidente da associação afirma que “estava na hora de transferir a responsabilidade para novas lideranças” | Foto: divulgação

A Associação de Garantia de Crédito de Goiás (GarantiGoiás) foi criada com o objetivo de ajudar empresas goianas a terem acesso a crédito financeiro para investimento ou capita de giro e já beneficiou 429 empresários em operações financeiras que somam R$ 21,5 milhões. Na última quinta-feira (23/12), a nova diretoria do fundo foi empossada na sede da Associação Comercial e Industrial do Estado de Goiás (Acieg).

A nova gestão, presidida por Luís Alberto Pereira, que também foi presidente do Sistema OCB/GO, teve a posse prestigiada por empresários e dirigentes das principais entidades do setor produtivo goiano, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e de representantes do governo do Estado, entre outros.

As garantidoras são um instrumento importante para empresas, desburocratizando o acesso ao crédito. A GarantiGoiás começou a operacionalizar em 2019 numa parceria de 12 entidades, em modelo semelhante ao Fundo de Aval das Micro e Pequenas Empresas (Fampe), do Sebrae.

Segundo o empresário Pedro Alves de Oliveira, que deixa a presidência do fundo, é através da geração de empregos que será promovida a melhoria na qualidade de vida de todos. “Nossa meta é movimentar a economia e gerar empregos em Goiás. Esse foi o principal objetivo que me levou a assumir a presidência da GarantiGoiás em 2018. Partimos do zero e hoje temos um fundo consolidado, que ajudou mais de 400 empresas no Estado”, afirma.

Além disso, Pedro enfatiza que estava na hora de repassar o cargo e que está em paz com o sucessor. “Estava na hora de transferir a responsabilidade para novas lideranças. O primeiro nome que surgiu foi o do Luís Alberto. Isso me deu uma paz muito grande, porque tenho certeza de que o fundo estará em mãos melhores ainda e vai agora para a sua segunda fase, de crescimento”.

De acordo com Antônio Carlos de Souza Lima Neto, diretor-superintendente do Sebrae em Goiás, a entidade fará novo aporte em 2022 no fundo garantidor goiano, superior a R$ 1 milhão. “Temos a certeza e a confiança que a nova diretoria, comandado por Luís Alberto, vai consolidar a GarantiGoiás. O Sebrae continuará sendo parceira de primeira hora. Temos colocado a nossa estrutura à disposição de todo o setor produtivo goiano. O que estiver ao nosso alcance vamos ajudar e apoiar”, disse.

As lideranças empresariais pediram ainda que o governo do Estado contribua com o fundo. Goiás assinou, em 2020, um termo de parceria com o fundo garantidor, mas, por conta da crise fiscal enfrentada, não realizou nenhum aporte. “Entendemos que, no primeiro momento, por conta das dificuldades financeiras, isso não foi possível. Mas é hora de alavancarmos a economia goiana e a GarantiGoiás será muito importante para milhares de pequenos empresários conseguirem realizar investimentos ou reforçar seu capital de giro, o que certamente também vai gerar milhares de novos empregos no nosso Estado”, frisou Luís Alberto.

Compartilhe: