Goiás não vai exigir prescrição médica para vacinar crianças contra a Covid-19, diz SES

Postado em: 26-12-2021 às 15h52
Por: Almeida Mariano
A secretaria afirmou que “entende que a prescrição médica para que crianças recebam a vacina não seja uma medida adequada”. | Foto: Repeodução

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que Goiás não vai exigir prescrição médica para vacinar crianças entre 5 e 11 contra a Covid-19.O Estado reforçou seguirá as declarações do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), que se posicionou contra a exigência de pedido para a imunização.

“A ciência e as diretrizes que comprovam a eficiência e segurança das ações aplicadas no combate aos agravos de saúde pública. No caso específico, entende-se que a vacinação possui eficácia e benefícios comprovados para a proteção de várias doenças, incluindo a Covid-19”, afirmou a SES em nota.

A secretaria afirmou que “entende que a prescrição médica para que crianças recebam a vacina não seja uma medida adequada”. A vacinação desta faixa etária com o imunizante da Pfizer foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no dia 16 de dezembro. Porém, o Ministério da Saúde ainda não adotou medidas para iniciar a aplicação da vacina em crianças.

Compartilhe: