Polícia investigará áudio de motorista em acidente que deixou 6 mortos na BR-153

Postado em: 28-12-2021 às 08h21
Por: Maiara Dal Bosco
Condutor teria citado problema no freio do veículo; carga horária do motorista também será investigada | Foto: Reprodução

A Polícia Civil (PC) segue investigando o acidente que causou a morte de seis pessoas e deixou outras 41 feridas na BR-153, na madrugada da última sexta-feira (24). Ontem (27), a Polícia divulgou um áudio que seria do motorista do ônibus da empresa Real Expresso, envolvido no acidente. No respectivo áudio, o motorista teria citado que o veículo estava com problemas no freio. Agora, a PC também determinou que a empresa apresente a cartela de horários do motorista em questão. 

A delegada Adriana Fernandes, da Delegacia de Investigação de Crimes de Trânsito (Dict) de Goiânia, afirmou, ontem (27), que a responsabilização do acidente precisa ser muito contundente, porque envolve muitos órgãos, sendo que a Triunfo Concebra é um deles. “Ainda vamos verificar quem é o responsável direto pela iluminação pública daquele trecho e em toda a rodovia, e também temos a empresa que é a proprietária do ônibus e o motorista que no caso estava conduzindo o ônibus em nome da empresa, ele é um funcionário da empresa, e seria uma autoria mais imediata, e a empresa apareceria como autoria mediata“, destacou. 

Sobre o áudio divulgado pela Polícia Civil de Goiás, a delegada destacou que já foi feita a requisição de perícia do respectivo material. “Esse áudio existe e já fizemos a requisição de perícia desse áudio, de modo que a perícia Técnico Científica nos mostre quem realmente é o interlocutor daquele áudio, se a voz é de fato, do motorista do ônibus e se esse áudio é original no sentido de não ter sofrido nenhuma alteração, de não ter sofrido nenhuma edição, ou qualquer coisa que faça com que ele perca o valor jurídico”, afirmou Adriana. 

Em nota, a empresa Real Expresso afirmou que “todos os veículos da empresa, e em especial o veículo envolvido no acidente, são submetidos a um rigoroso programa de inspeção e de manutenção antes de todas as viagens, onde todos os itens de segurança são checados”, diz a nota. Segundo a empresa, o veículo não apresentava problemas. “O veículo envolvido no acidente não apresentou nenhum problema mecânico ou técnico,  e já havia percorrido mais de mil quilômetros desde São Paulo, sem apresentar qualquer problema”, diz o comunicado. 

Também por meio de nota, a Triunfo Concebra, empresa administradora da BR-153,  esclareceu que segue com a operação contingencial de desvio de tráfego em mão dupla na BR-153/GO, km 508, em Aparecida de Goiânia, ação preventiva a fim de garantir a segurança dos motoristas e dos trabalhadores no local em obras. “Equipes de engenharia, juntamente com especialistas na área estrutural e geotécnica fizeram inspeções técnicas e estão avaliando o local para as intervenções necessárias. A Concessionária já adotou as medidas emergenciais tais como: interrupção total da pista no sentido sul, cobertura do local erodido, sinalização do local e monitorização do talude, da estrutura da galeria e do nível do córrego. Em contrapartida também estão sendo feitos os trabalhos de sondagens do solo e de topografia (mapeamento da área)”, diz o comunicado.

A concessionária reforçou, ainda, a recomendação aos motoristas que vão pegar a BR-153 saindo de Goiânia para destinos no sentido sul do estado ou mesmo aqueles que chegam à capital goiana, que redobrem a atenção ao passar pelo km 508. “O local está sinalizado com painéis eletrônicos nas proximidades informando o desvio contingencial em razão de obras na pista, contando ainda com cones refletivos, dispositivos luminosos e diversas viaturas com sinalização intermitente para orientação e suporte aos usuários”, finaliza a nota.

Compartilhe: