Após investigações, PCGO prende idoso que abusava sexualmente de sua neta em Mairipotaba

Os abusos ocorriam sempre que a menor o visitava em sua residência. A criança vinha sendo vítima de violência sexual há mais de 5 anos

Postado em: 30-12-2021 às 10h05
Por: Alexandre Paes
Os abusos ocorriam sempre que a menor o visitava em sua residência. A criança vinha sendo vítima de violência sexual há mais de 5 anos | Foto: Reprodução

Na última quarta-feira (29/12), a Policia Civil do Estado de Goiás (PCGO) realizou a prisão preventiva de um homem de 65 anos de idade na cidade de Mairipotaba, a cerca de 96km de Goiânia. O mandado de prisão contra o idoso se deu após ele ser acusado pela prática do crime de estupro de vulnerável, acometido contra sua própria neta.

Há cerca de dois meses a Polícia Civil recebeu informações de que uma criança de 12 anos estaria sendo vítima de violência sexual há mais de 5 anos. Os abusos seriam praticados por algum parente próximo da vítima. Após a notícia, foi instaurado um inquérito policial e, no decorrer das investigações, foi concluído que o autor era o próprio avô materno da menor. Identificou-se ainda que os abusos ocorriam sempre que a menor o visitava em sua residência.

A partir das informações, foi expedido o mando de prisão preventiva, que foi cumprido pelos agentes da PCGO. Agora o indivíduo, que não possui antecedentes criminais, foi ouvido na delegacia e se encontra recolhido no presídio. Se condenado, poderá pegar até 15 anos de prisão.

Veja Também