Fuga em massa: ao menos 14 detentos escapam de penitenciária no Mato Grosso

Presos cavaram um túnel subterrâneo para fugir do local

Postado em: 04-01-2022 às 17h48
Por: Giovana Andrade
Presos cavaram um túnel subterrâneo para fugir do local. | Foto: Polícia Civil

Pelo menos 14 detentos fugiram da Penitenciária Major Zuzi em Água Boa, no Mato Grosso, a 736 km de Cuiabá, na noite da última segunda-feira (3/1). Conforme informou o G1, os fugitivos cavaram um túnel subterrâneo para a fuga, que foi descoberta durante a manhã pelos agentes penitenciários que trabalham na unidade. Foi feita uma varredura no local, mas nenhum dos suspeitos foi localizado.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT) informou que equipes da Polícia Penal, Polícia Militar e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) estão atuando para recapturar os reeducandos. Foram confirmadas 14 fugas, mas o sindicato acredita que esse número pode ser maior.

O túnel usado para a fuga, segundo a Sesp-MT, foi cavado no raio azul da ala 1, saindo do banho de sol para fora da galeria, chegando até a área da muralha. A suspeita é que, após a saída pela passagem escondida, os presidiários fugiram para uma região de mata ao redor do presídio. A saída da unidade dá acesso à BR-158.

Continua após a publicidade

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Conforme um boletim de ocorrência registrado pela Polícia Penal, os presos fizeram um motim enquanto estavam no banho de sol, por volta das 14h dessa segunda-feira.

De acordo com a Polícia Civil, os presidiários estavam batendo na grade do banho de sol e ameaçando os servidores. Foi dada ordem de recolhimento para celas, mas a ordem não foi obedecida. Em seguida, segundo a polícia, foi necessário o uso de força moderada para cessar o motim.

Durante a confusão, um dos reeducandos foi atingido por disparo de arma menos letal (tiro de borracha) na perna e, em seguida, encaminhado para atendimento médico no Hospital Regional de Água Boa.

Veja Também