40 novos leitos de UTI são disponibilizados em Goiás devido ao agravamento dos casos de Covid-19

Vacinas são a melhor forma de evitar mortes e sequelas graves decorrentes das doenças imunopreveníveis.

Postado em: 18-01-2022 às 16h03
Por: Victoria Lacerda
Vacinas são a melhor forma de evitar mortes e sequelas graves decorrentes das doenças imunopreveníveis. | Foto: Reprodução/Internet

Devido a alta dos casos de Covid-19 devido a nova variante Ômicron, a taxa de ocupação de leitos de UTI em Goiás infelizmente voltou a subir. Com o agravamento da situação, o governador Ronaldo Caiado (DEM) usou as redes sociais para anunciar o remanejamento e disponibilização de 40 novos leitos para pacientes com a doença. 

De acordo com Caiado, dos 40 leitos remanejados, 30 são para adultos e 10 para crianças e foram distribuídos nos municípios de Goiânia, Formosa e Itumbiara.  

De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) nesta terça-feira (18/01), desde o início da pandemia, 978.504 casos de Covid-19 foram confirmados. Ao todo, em Goiás, 24.792 óbitos foram confirmados até então. 

“A imunização é a única forma de evitar as formas mais graves da Covid-19. Estamos fazendo a nossa tarefa de casa, mas contamos com a conscientização de todos. Mantenha o seu cartão de vacinação atualizado”, declarou o governador em seu twitter. 

A SES-GO apurou que, referente à primeira dose, foram aplicadas 5.292.713 doses das vacinas contra a Covid-19 em todo o Estado. Em relação à segunda dose e a dose única, foram vacinadas 4.533.793 pessoas.

Veja Também