Casal é suspeito de agredir médica com socos e pontapés após ela solicitar exame para atestado de Covid

A médica sofreu lesões na cabeça e foi encaminhada até um hospital do DF.

Postado em: 28-01-2022 às 16h52
Por: Victoria Lacerda
A médica sofreu lesões na cabeça e foi encaminhada até um hospital do DF. | Foto: Reprodução/Internet

Na última quinta-feira (27/01), um casal do Distrito Federal foi preso suspeito de agredir uma médica com diversos socos e pontapés no Centro de Referência da Covid-19 de Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal.

O homem e a mulher chegaram ao local pedindo um atestado médico da Covid-19, mas não apresentaram o exame com resultado positivo para a doença e teriam se negado a fazer um teste rápido no local. Por estarem sem esse documento, a médica teria se negado a realizar o pedido e acabou sendo agredida. As imagens foram registradas por pessoas que estavam no local. Veja o vídeo.

Fonte: TV Serra Dourada

A prefeitura da cidade divulgou nota de repúdio nas redes sociais contra a agressão e disse que está tomando as medidas judiciais necessárias. “Repudiamos veementemente as agressões sofridas por nossos colaboradores, empenhados no trabalho de salvar vidas, e se solidariza com as equipes e família”, destaca a nota. 

Continua após a publicidade

Segundo testemunhas, o atestado seria para a mulher que disse ter feito um exame de farmácia no Distrito Federal e que o resultado tinha sido positivo, porém perdeu o papel. A médica solicitou que um novo exame fosse realizado na própria unidade e se colocou à disposição para emitir o atestado e fazer a prescrição médica, caso fosse confirmado o diagnóstico. O casal, no entanto, se exaltou e a confusão foi iniciada.

O casal foi levado até a delegacia pela Guarda Municipal de Nova Gama. A médica sofreu lesões na cabeça e foi encaminhada até um hospital do DF, onde passou por exames para examinar qualquer suspeita de traumatismo craniano. Ela foi internada e precisou ficar sob observação.

Veja Também