PCGO cumpre mandado de prisão de três dos quatro investigados por furtar lojas em Goiânia

Acusados furtaram cerca de R4 35 mil em materiais destinados a esportes e camping

Postado em: 12-02-2022 às 10h12
Por: Maria Paula Borges
Acusados furtaram cerca de R4 35 mil em materiais destinados a esportes e camping | Foto: PCGO

Uma loja situada no Setor Pedro Ludovico, em Goiânia, foi alvo de um grupo criminoso composto por quatro homens, no dia 14 de janeiro deste ano. Após arrombarem a loja, os investigados furtaram cerca de R$ 35 mil em materiais destinados a esportes e camping. A Polícia Civil de Goiás (PCGO), por meio da 8ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Goiânia, iniciou os trabalhos de investigação imediatamente acerca da autoria e materialidade do furto qualificado.

Com diversos cruzamentos de dados e técnicas policiais, a equipe efetuou diligências que culminaram na prisão em flagrante dos envolvidos. Os investigados estavam em um hotel localizado no Leste Universitário e a prisão aconteceu no dia 21 de janeiro.

Além da prisão, a corporação conseguiu recuperar parte dos objetos furtados da loja e ainda apreendeu três veículos utilizados. Com a continuação das investigações, outros três envolvidos foram identificados e, após representação da autoridade policial, houve a decretação da prisão preventiva de três dos quatro autores.

Continua após a publicidade

O furto era utilizado como meio habitual de vida dos acusados, praticado principalmente no Setor Marista e na Rua 44, na capital goiana.

Dois dos investigados fugiram para São Paulo, mas vinham sendo monitorados pela equipe da 8ª DDP, que percebeu o retorno para Goiânia. Na última sexta-feira (11/2), os policiais civis foram ao posto da Polícia Rodoviária Federal e em operação conjunta conseguiram capturar dois dos autores, cumprindo os respectivos mandados.

A investigação segue em andamento na busca do quarto autor dos crimes. Todos devem responder por furto qualificado e associação criminosa.

Veja Também