Goiás terá novo sistema de vistoria veicular; Detran contará com mais empresas realizando o serviço

Serviço é requisito para emissão do Certificado de Registro de Veículo (CRV) em qualquer caso de transferência de propriedade e de município, além de alteração de características do veículo

Postado em: 03-03-2022 às 11h31
Por: Alexandre Paes
Serviço é requisito para emissão do Certificado de Registro de Veículo (CRV) em qualquer caso de transferência de propriedade e de município, além de alteração de características do veículo | Foto: Reprodução/Internet

Nesta quinta-feira (3/3) começa o agendamento para o novo sistema de vistoria veicular em todo o Estado de Goiás, com empresas credenciadas pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-GO). O serviço é requisito para emissão do Certificado de Registro de Veículo (CRV), utilizado em qualquer caso de transferência de propriedade e de município, além de alteração das características veicular.

Desde 2015, o serviço era oferecido somente pela Sanperes, mas a empresa teve a concessão considerada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal, no final de 2020. A promotora Leila Maria de Oliveira argumentou na época que o contrato era nulo depois que as normas no texto do documento foram declaradas inconstitucionais pelo STF.

Novas empresas de vistoria

Continua após a publicidade

Foi sugerido que o Detran-GO assumisse o serviço público de vistoria veicular, técnica e óptica, nos mesmos moldes anteriores, ou se preferisse, credenciasse empresas para executá-lo.

De acordo com o Detran, a meta é ter 300 empresas credenciadas operando nos próximos 60 dias (até 3 de maio). A expectativa do órgão é que, com os credenciamentos, o número de postos de atendimento aumente e haja redução dos preços de vistoria. O valor máximo atualmente é de R$ 108.

Maiores informações sobre o serviço devem ser divulgadas nesta quinta-feira (3) após a coletiva de imprensa.

Veja Também