CPI do Leite: deputado propõe criação de comissão para investigar infrações econômicas na área

De autoria do deputado Amauri Ribeiro, proposta já conta com assinatura de 20 deputados estaduais

Postado em: 03-03-2022 às 17h40
Por: Maria Paula Borges
De autoria do deputado Amauri Ribeiro, proposta já conta com assinatura de 20 deputados estaduais | Foto: reprodução

O deputado Amauri Ribeiro instituiu uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que irá investigar possíveis infrações de ordem econômica na cadeia produtiva do leite e seus derivados no Estado de Goiás. A proposta já conta com assinatura de 20 deputados estaduais. O requerimento para abertura da CPI foi lido em Plenário, nesta quinta-feira (3/3), na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego).

Segundo Amauri, a investigação apontará soluções para as dificuldades que vive o produtor de leite. “O leite é o único produto em que o produtor não sabe por quantos ele está vendendo. O produtor tira leite por 30 dias e entrega para a indústria. Ele recebe então 20 dias depois, mas não sabe quanto ele vai receber, pois é a indústria que decide quanto irá pagar. O valor quase sempre é inferior ao custo da produção do leite e isso acontece desde sempre. São raras as vezes que cobre o custo”, afirmou o parlamentar.

Além disso, o parlamentar explica que é possível que não haja concorrência entre as indústrias de processamento de leite. “Isso não acontece somente em Goiás, mas em todo Brasil. Vamos investigar um possível monopólio ou oligopólio, uma possível inserção de leite em pó que sabemos que vem do Uruguai, que é reidratado e que tem entrado no mercado brasileiro para justamente controlar o preço”, explicou. O parlamentar afirmou ainda que tem um acordo com deputados de outros estados para que apresentem a mesma proposta de criação da CPI para fortalecer nacionalmente os pequenos e médios produtores de leite. Vale ressaltar que a CPI já foi institucionalizada com o mesmo intuito na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso.

Veja Também