Cavalhadas e a Feira Hippie de Goiânia vão se tornar Patrimônio Cultural de Goiás

Medida tramita Secretaria de Estado de Cultura |

Postado em: 07-03-2022 às 13h38
Por: Redação
Medida tramita Secretaria de Estado de Cultura | Foto: Reprodução

As Cavalhadas, que são realizadas em 12 municípios do Estado, e a Feira Hippie de Goiânia devem receber o título de Patrimônio Cultural de Goiás. A medida está em execução pela Secretaria de Estado de Cultura. Os dois são importantes eventos goianos e atrativos turísticos que movimentam as economias locais.

A historiadora Luciane Carvalho, do Núcleo de Patrimônio Cultural da Secult-Goiás, explicou que a transformação desses eventos em patrimônio cultural é o instrumento capaz de garantir a sua preservação e o seu fortalecimento. Além disso, destaca que algumas Cavalhadas já ocorrem há mais de 200 anos e a Feira desde a década de 60.

“Todo o trabalho é desenvolvido em conjunto com as comunidades que sediam as Cavalhadas, bem como com os integrantes da Feira Hippie”, afirmou Luciane, em  entrevista ao programa O Mundo em Sua Casa. Para se tornarem patrimônio, a Secretaria deve elaborar dossiê técnico sobre os eventos.

Continua após a publicidade

Nele, deve constar história, importância e especificação de cada um dos eventos, além do valor cultural imaterial. Evaldo Xavier, que faz o papel de imperador nas Cavalhadas de Santa Cruz de Goiás, destacou a importância da medida, que vai garantir mais apoio público aos eventos. 

O presidente da Associação da Feira Hippie, Waldivino da Silva, elogiou a iniciativa, lembrando que o foco atualmente é a moda, gerando grande número de empregos e atraindo milhares de pessoas para a capital. (Com informações da Agência Brasil Central)

Veja Também