No embalo de “Não Olhe Para Cima”, moradores de cidades goianas ficam impressionados com meteoro

Pessoas em Aparecida de Goiânia e Goiânia gravaram vídeos do momento em que o objeto entrou em contato com a atmosfera, o que gerou os clarões descritos na internet

Postado em: 10-04-2022 às 12h16
Por: Augusto Diniz
Pessoas em Aparecida de Goiânia e Goiânia gravaram vídeos do momento em que o objeto entrou em contato com a atmosfera, o que gerou os clarões descritos na internet | Foto: Reprodução

Calma! O mundo não vai acabar. Foi só um meteoro, nada na proporção da destruição alarmada pelo filme de ficção “Não Olhe Para Cima”, da Netflix. Mesmo assim, o fenômeno atraiu curiosos e rendeu boas imagens no céu de de algumas cidades goianas na noite de sábado (9/4). Há relatos de pequenos tremores com a queda do meteoro, que foi visto em Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis enquanto explodia em contato com a atmosfera, momento em que o objeto é chamado de bólido.

Os relatos na internet são de dois clarões. É como se uma pequena bola de fogo com cauda estivesse caindo do céu. Enquanto era realizado no Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON), na GO-020, em Goiânia, o evento Global Star Party 2022, com museu de robótica e palestras, a plateia que foi visitar o acervo de meteoritos do Estado pôde ver no céu uma amostra daquilo que foram visitar. Os vídeos mostram o público encantado com a bola de fogo que explodia e iluminava o céu sobre o CCON.

De acordo com astrônomos, o meteoro visto no céu na noite de ontem passou a uma altura de 80 a 90 quilômetros. Acredita-se que, pela proporção dos clarões, meteoritos, que são pedaços menores que se partem do meteoro, podem ter chegado até o chão. Diferente do filme, nada foi destruído e a vida continua neste domingo (11/4).

Continua após a publicidade

Veja o momento em que o meteoro foi visto ao entrar na atmosfera da Terra:

Moradores registram momento em que meteoro explode no ar e gera o efeito luminoso visto na noite de sábado em cidades como Goiânia e Aparecida de Goiânia | Vídeo: Enviado via WhatsApp

Veja Também