Agência bancária é autuada pelo Procon por fazer cliente esperar por mais de duas horas

Postado em: 11-04-2022 às 12h59
Por: Jennifer Neves
O mesmo local já havia sido autuado anteriormente pelas mesmas regularidades; Multa pode chegar a R$ 11,3 milhões | Foto: Reprodução

Uma agência do banco Bradesco foi autuada pelo Procon, nesta segunda-feira (11/04), por ter feito um cliente esperar por mais de duas horas. O cliente afirmou ter chegado no local às 11h20, mas só recebeu a senha de atendimento às 13h02. Quando a equipe do Procon chegou ao local, o homem ainda não havia sido atendido. 

De acordo com o Procon, a prática de distribuir senhas somente na parte interna tornou-se mais frequente entre os bancos. No entanto, “essa atitude fere o Código de Defesa do Consumidor e é uma tentativa de burlar a fiscalização”, diz o órgão. “Os fiscais também constataram uma fila de 20 pessoas na área dos terminais de autoatendimento enquanto havia várias cadeiras desocupadas no interior da agência. Os clientes eram liberados aos poucos pelos seguranças, conforme o fluxo de atendimento” acrescenta o Procon.

A fiscalização também fez o monitoramento de senhas a partir do momento de chegada. A Lei Municipal 7867, estabelece o prazo de atendimento de até 20 minutos em dias normais e de pagamento do funcionalismo público na cidade de Goiânia e de 30 minutos na véspera ou após feriados prolongados.

Além disso mesma agência, que fica na esquina das Avenidas Goiás e Anhanguera, no Centro de Goiânia, já havia sido multada em julho do ano passado pelas mesmas irregularidades. O valor da multa pode  variar de R$ 754 a R$ 11,3 milhões.

Compartilhe: