Três pessoas envolvidas em homicídios na Serra das Areias são presas pela PCGO

Um guarda civil é suspeito do assassinato de um casal, em março de 2021. Vítimas eram mãe e padrasto de uma criança de 3 anos, resgatada sozinha na residência da família

Postado em: 28-04-2022 às 11h19
Por: Alexandre Paes
Um guarda civil é suspeito do assassinato de um casal, em março de 2021. Vítimas eram mãe e padrasto de uma criança de 3 anos, resgatada sozinha na residência da família | Foto: Divulgação/PCGO

Três pessoas sob investigação de homicídios que aconteceram na Serra das Areias foram presas nesta terça-feira (26/04). Dentre os envolvidos, há um guarda civil suspeito do assassinato de um casal, em março de 2021, no Setor Estrela do Sul, em Aparecida de Goiânia. De acordo com informações da corporação, o suspeito e o casal teriam envolvimento com o tráfico de drogas.

Durante a nova etapa da ação foram detidos outro guarda municipal e um empresário, ambos suspeitos de um duplo homicídio qualificado, também na Serra das Areias. Os três indivíduos presos serão encaminhados ao Sistema Penitenciário e colocados à disposição do Poder Judiciário.

A prisão dos indivíduos faz parte da 2ª fase da Operação Caronte, realizada pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) do município. O delegado Hudson Benedetti explicou o envolvimento das partes. “Ficava acertado que eles [vítimas] ficariam com parte da apreensão que era feita pela Guarda Municipal, drogas e também armas de fogo”, disse. “Chegou um momento em que o guarda teve medo de que eles pudessem falar e esse foi um dos motivos que levou ele a praticar o fato”, explicou.

Continua após a publicidade

As vítimas eram mãe e padrasto de uma criança de 3 anos, resgatada sozinha na residência da família após o crime. “Pelas imagens percebe-se que há uma relação próxima entre os executores e as vítimas, que entraram de forma espontânea no veículo”, informou o delegado. O indivíduo, que era um dos alvos na primeira fase da operação, chegou a ser indiciado pela atuação criminosa. Na ocasião, 11 pessoas foram presas.

Veja Também