Homem é preso por atropelar e matar jovem após discussão em supermercado de Caldas Novas

Postado em: 02-05-2022 às 09h48
Por: Alexandre Paes
Segundo a polícia, uma funcionária do caixa do supermercado disse que os dois homens começaram a discutir porque o cartão da vítima demorou a passar. | Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Um autônomo de 33 anos foi preso suspeito de matar um homem atropelado na frente de um supermercado em Caldas Novas, interior de Goiás. A situação aconteceu na sexta-feira (29/4) e foi flagrada por câmeras de monitoramento. As imagens indicam que o motorista cometeu o crime com a esposa, que está grávida, e filha que estavam junto com ele dentro do carro.

O vídeo mostra o momento em que Paulo Resio Alves da Silva foi morto após sair do estabelecimento comercial. Ele sai com uma sacola na mão e se dirige a uma caminhonete que estava parada do outro lado da rua. Ao atravessar e mencionar abrir a porta do veículo, ele é atingido brutalmente.

Segundo a investigação, o suspeito estava em outro carro no momento em que foi preso e, na delegacia, preferiu ficar em silêncio durante o interrogatório. De acordo com a polícia, ele teve intenção de matar Paulo Resio. A idade da vítima não foi divulgada.

Reprodução/TV Anhanguera

Motivo do Crime

O delegado Tiago Ferrão contou que o suspeito foi preso cerca de duas horas após o crime por uma equipe da Polícia Militar. Ele estava em carro diferente do usado no atropelamento, com os pais, a esposa e a filha já em Professor Jamil. Ferrão concluiu que o motorista teve a intenção de cometer o crime e impossibilitou que a vítima, Paulo Resio Alves da Silva, se defendesse.

Em depoimento, a esposa do autor contou que a vítima “passou uma cantada” nela no supermercado, o que, conforme acrescentou, enfureceu o marido e motivou a discussão. No entanto, segundo a polícia, uma funcionária do caixa do supermercado disse que os dois homens começaram a discutir porque o cartão da vítima demorou a passar.

“O autor e a vítima discutiram no interior do supermercado. O autor, saindo primeiro, manobra o carro e aguarda a saída da vítima. No que a vítima sai, o autor acelera, imprime alta velocidade e acaba por atingi-la, causando sua morte”, descreveu o delegado.

Compartilhe: