Caso de mulher carbonizada em carvoaria de Orizona causa espanto nos moradores do município

Ilda foi encontrada pelo esposo minutos após sua morte. O homem informou que trabalhava no local, mas teria deixado mulher sozinha por alguns minutos para ir em um córrego buscar água.

Postado em: 30-05-2022 às 15h31
Por: Ícaro Gonçalves
Ilda foi encontrada pelo esposo minutos após sua morte. O homem informou que trabalhava no local, mas teria deixado mulher sozinha por alguns minutos para ir em um córrego buscar água | Foto: Reprodução

A morte de uma mulher de 40 anos, encontrada carbonizada no último sábado (28/5) em uma carvoaria no município de Orizona, causou espanto no comunidade local. A mulher, até o momento identificada como Ilda da Silva, trabalhava na retirada de carvão quando, por motivo ainda desconhecido, teria desmaiado dentro de um dos fornos.

Conforme informações da Polícia Militar, o fato foi registrado na tarde de sábado (28). Ilda foi encontrada pelo esposo minutos após sua morte. Ao Batalhão da Polícia Militar Rural (BPMRural), o homem informou que trabalhava no local junto à Ilda, mas teria a deixado sozinha por alguns minutos para ir em um córrego buscar água.

Quando retornou ao local, encontrou sua esposa com parte do corpo ainda dentro do forno e carbonizada. Ele tentou retira-la das chamas, mas não conseguiu devido ao forte calor e fumaça, saindo em seguida para buscar ajuda. Ilda não resistiu e faleceu no local.

Continua após a publicidade

De acordo com a BPM Rural, o homem foi socorrido em grave estado de choque, convulsionado, contraindo todo o corpo e revirando os olhos. Ele foi encaminhado para a Unidade Básica de Saúde ESF II – Bairro Santa Maria, em Orizona, e depois liberado.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Veja Também