Após 2 anos, donos de hotéis e lojistas da 44 comemoram volta da Festa de Trindade

Postado em: 23-06-2022 às 15h02
Por: Rodrigo Melo
Um gerente de hotel na região comemora o impacto positivo trazido pela Festa de Trindade. Ele espera um acréscimo de 40% da ocupação | Foto

A partir desta sexta-feira (24/6) até o dia 3 de julho, a cidade de Trindade deve receber cerca de 5 milhões de fiéis que irão participar da Festa do Divino Pai Eterno, uma das maiores celebrações religiosas do país. Após dois anos, a romaria volta a ser realizada de forma presencial e sem restrições, e quem está comemorando esse retorno são os donos de hotéis e de lojas na Região da 44.

De acordo com diretores da Associação Empresarial da Região da 44 (AER44), a realização da Festa de Trindade é uma festa muito esperada pelos lojistas e proprietários dos hotéis instalados no polo confeccionista.

“Trindade, apesar de ser palco dessa enorme e bela romaria, não consegue abrigar os milhões de visitantes que recebe nos dias antes e durante a festa do Divino Pai Eterno. Portanto, a rede hoteleira que temos aqui acaba sendo um importante apoio para a logística dessas pessoas que vêm de várias partes do Brasil”, apontou o presidente executivo da AER44, Christiano Câmara.

Segundo Câmara, a região conta com mais de 5 mil leitos de hotelaria, distribuídos em mais de 40 hotéis. Além disso, ele informou que os fiéis têm o costume de comprar nas lojas da 44.

O gerente de um dos hotéis da Região da 44, Galileu Pereira, cujo local contém 270 apartamentos, confirma o impacto positivo trazido pela Festa de Trindade.

“De hoje (23), até o próximo dia 7 de julho, temos 12 grupos de excursões já confirmados, fora aquelas reservas single que são muitas também e são feitas por famílias que vêm com o próprio carro”, revela.

Segundo Galileu, em média, as caravanas que trazem esses turistas religiosos são compostas por 38 pessoas. Minas, São Paulo e Bahia costumam ser os principais estados de onde vêm esses visitantes.

Retorno após 2 anos

De acordo com o vice-presidente da AER44, Lauro Naves, com exceção destes dois últimos anos de pandemia, esse impacto positivo da Festa de Trindade na Região da 44 já vinha crescendo ano após ano.

“Além da pessoa ter a facilidade de se hospedar numa cidade como Goiânia, que tem de tudo, os turistas religiosos que recebemos também já conhecem a Região da 44, seus preços baixos e moda de alta qualidade que temos aqui. Outra questão é que nossa rede hotelaria, já acostumada a receber gente do Brasil inteiro, tem se profissionalizado muito para justamente atender a um público bem diversificado”, esclarece.

Maione José de Souza, gerente de outro hotel na região, também comemora esse impacto positivo trazido pela Festa de Trindade. Ele espera um acréscimo de 40% da ocupação que possui 300 leitos no hotel que conta com 99 apartamentos.

Compartilhe: