Mulher é suspeita de roubar moto que tinha vendido após receber multas

A Polícia Civil de Goiás prendeu um casal suspeito de roubar uma moto, em Goiânia, na quinta-feira (23). O curioso é que

Postado em: 24-06-2022 às 09h30
Por: Francisco Costa
Namorado da suspeita também foi preso (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Goiás prendeu um casal suspeito de roubar uma moto, em Goiânia, na quinta-feira (23). O curioso é que a acusada teria sido proprietária da motocicleta. O crime teria sido motivado, pois o veículo ainda estava no nome dela, que começou a receber multas de trânsito.

Segundo a polícia, o roubo aconteceu em 1o de fevereiro, às 7h, no Setor Residencial Buena Vista. O casal e um terceiro ainda não identificado roubaram a Honda Biz – que já foi da acusada. Consta nos autos, que eles utilizaram uma arma de fogo e chegaram a disparar contra a vítima. Tanto a pistola quanto a moto foram recuperadas.

Durante a investigação, a corporação identificou o casal suspeito e também verificou que o proprietário legal da motocicleta é o pai da autora. Ela, contudo, teria vendido o veículo em julho de 2020, sem fazer a transferência documental no Detran, após ganhar um carro de um familiar.

Continua após a publicidade

Porém, a moto foi revendida pelo primeiro comprador e a suspeita passou a receber as multas. Por causa disso, ela planejou a ação com o namorado e um terceiro não identificado, segundo a polícia. Ao descobrirem o atual dono da motocicleta eles colocaram o plano em ação.

Ela não tinha passagem pela polícia. Já o namorado: porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, embriaguez ao volante, tráfico de droga e roubo circunstanciado. Se forem condenados, eles podem pegar até 20 anos por roubo majorado e disparo de arma de fogo.

A Polícia Civil segue em investigação ao caso para identificar o terceiro envolvido.

Veja Também