400 carreiros e 3 mil cavaleiros encantam festa de Trindade

Na cidade, há comitivas de carros de boi vindas de várias cidades do Estado

Postado em: 01-07-2022 às 07h57
Por: Daniell Alves
Na cidade, há comitivas de carros de boi vindas de várias cidades do Estado | Foto: Reprodução

Carreiros de pelo menos 18 municípios de Goiás se encontraram ontem (30) para a procissão até Trindade. A estimativa é que 400 carreiros e três mil cavaleiros e muladeiros passem pela Festa do Divino Pai Eterno. O desfiles dos carros de boi é um dos mais representativos da Romaria do Divino Pai Eterno.

Após dias de viagens, os romeiros chegam a Trindade. Eles passam por pousos improvisados, noites frias ao redor de fogueiras. A tradição é mantida há cerca de 180 anos por sertanejos que agradecem ao Divino Pai Eterno pelas graças que tiveram ou que almejam para a vida no campo.

Na cidade, há comitivas de carros de boi vindas das cidade de Jandaia, Mossâmedes, Rianápolis, Anicuns, Nazário, Damolândia, Cezarina, Palmeiras de Goiás, Ouro Verde, Santa Rosa, Luziânia, Capelinha, Inhumas, Taquaral, Caldas Novas, Caldazinha, Cromínia e Mairipotaba. Outras estão a caminho e devem chegar a tempo do desfile.

Continua após a publicidade

O evento segue até o dia 3 de julho e cerca de 5 milhões de pessoas devem passar por lá. São missas, bençãos, alvoradas, desfiles de carros de boi e procissões. De acordo com a prefeitura da cidade, a decisão de realizar o evento foi baseada nos dados epidemiológicos apurados pelo Gabinete de Operação de Emergência e Saúde (GOE) em relação à pandemia da Covid-19. 

Durante as ações, a orientação é que os idosos e pessoas com comorbidades usem máscara facial. A prefeitura da cidade disponibilizou dois vacimóveis, veículos estruturados com equipes e imunizantes para atuar em diferentes pontos. Também está ocorrendo vacinação em parceria com o Estado para quem ainda não tiver atualizado o cartão de vacinação. 

Romaria a pé

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou orientações aos fiéis que vão fazer a romaria a pé. O órgão recomenda andar sempre em fila indiana, com roupas claras e utilizando faixas refletivas, já que é comum fazer a caminhada no período noturno para evitar o sol. É importante também escolher o acostamento no sentido oposto ao fluxo dos veículos. 

Também alerta que é preciso ver e ser visto em um local de trânsito rápido e intenso. “Por isso, a atenção no que está acontecendo deve ser total e ininterrupta. Não é recomendado o uso de fones de ouvido ou celular para evitar distrações e não perder a atenção no trânsito”, aponta. 

Outra recomendação feita é que quando for necessário utilizar o carro de apoio, o grupo deve fazê-lo fora da rodovia para evitar aglomerações de pessoas, com a preferência a entradas de fazendas ou estradas vicinais para fazer a parada. A PRF também pede cautela especialmente aos carreiros, que costumam atravessar as rodovias em grandes grupos com carros de boi em pontos de movimento intenso.

Veja Também