FAB captura aeronave com mais de 600 kg de cocaína

Duas aeronaves de defesa aérea A-29 Super Tucano foram empregadas para monitorar e interceptar o avião

Postado em: 04-07-2022 às 10h49
Por: Mariana Fernandes
Duas aeronaves de defesa aérea A-29 Super Tucano foram empregadas para monitorar e interceptar o avião | Foto: Reprodução

A Força Aérea Brasileira (FAB) interceptou um pequeno avião que estava no espaço aéreo brasileiro sem autorização, no último domingo (3). A ação fez parte da Operação Ostium, que atua na fronteira. A Polícia Federal (PF) também apreendeu 663 quilos de cocaína, no interior de São Paulo. 

Duas aeronaves de defesa aérea A-29 Super Tucano foram empregadas para monitorar e interceptar o avião. Os policiais responsáveis pela operação interrogaram o piloto do avião, mas não obtiveram resposta. Consecutivamente, os oficiais ordenaram a mudança de rota e o pouso obrigatório, e não foram atendidos. 

Para resolverem o acontecido, as autoridades fizeram um tiro de detenção, e assim,  a aeronave entrou sem autorização no Mato Grosso do Sul, fazendo pouso forçado entre as cidades de Jales e Pontalinda, em São Paulo.

Continua após a publicidade

As duas pessoas que estavam na aeronave fugiram. A Polícia Federal assumiu a operação e encontraram mais de 600 quilos de cocaína. 

O Comando de Operações Aeroespaciais (Comae) relatou que ‘’os radares identificaram a aeronave entrando no espaço aéreo brasileiro. O avião, sem contato com o controle, descumpriu todas as medidas de policiamento realizadas, mostrando-se hostil.’’

A ação faz parte da Operação Ostium, para coibir ilícitos transfronteiriços, na qual atuam em conjunto a Força Aérea Brasileira (FAB) e a Polícia Federal.

Veja Também