Basílica do Divino Pai Eterno celebrará missa para fiéis já falecidos nesta segunda-feira (4/7)

A celebração é um dia de oração que ocorre há bastante tempo e é dedicado também para os fiéis que vão e voltam a pé para Trindade.

Postado em: 04-07-2022 às 16h12
Por: Victória Vieira
A celebração é um dia de oração que ocorre há bastante tempo e é dedicado também para os fiéis que vão e voltam a pé para Trindade | Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (4/7), a Basílica do Divino Pai Eterno celebrará missas especiais para romeiros já falecidos. A celebração é um dia de oração que ocorre há bastante tempo e é dedicado também para os fiéis que vão e voltam a pé para Trindade.

Essa é a tradição de encerramento da Romaria, que teve seu último dia na tarde de ontem (3/7) e reuniu cerca de 3 milhões de romeiros, de acordo com o prefeito da região, Marden Júnior.

A maior movimentação ocorreu durante os finais de semana. O evento deu inicio no dia 24 de junho contava com a expectativa de cinco milhões de visitantes. Porém, essa foi a primeira vez da celebração presencialmente após a pandemia da Covid-19.

Continua após a publicidade

“Visitamos romeiros e carreiros das cidades vizinhas e percebemos a dificuldade que tiveram para se organizar em tão pouco tempo. Se fizermos essa comparação, podemos ver que tivemos um bom público.”, declarou Júnior.

Para o prefeito, os resultados se caracterizam como positivos considerando o fato do planejamento ter sido feito em 3 meses. Além disso, o gestor destaca sobre a questão do coronavírus e enfatiza que foram realizadas ações de vacinação e testagem. “O número de casos positivos não fugiu da média que existia antes. Esse é um dado importante, porque um evento dessa magnitude não fez com que os positivos aumentassem nesses 10 dias no município.”

A missa para fiéis já falecidos terá inicio às 5:30 da manhã no Santuário da Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade e poderão ser encontradas no horário das 6h:55, 10h e 19h:30. Ainda na parte da manhã, entre 7h e 9h, somente na Igreja Matriz de Campinas, em Goiânia, serão celebradas essas missas.

O Padre do Santuário de Trindade, João Bosco de Deus ressalta a importância desta homenagem aos que já se foram.

“Essa missa é feita sempre para aqueles que vão voltar pra casa, como os carreiros, cavaleiros, que voltarão para suas famílias. Eles passam primeiro no santuário para se despedir, rezar a missa e voltar pra casa em paz. Também nessas missas sempre se rezou por aqueles romeiros que já faleceram. Não sei dizer há quanto tempo acontece, mas já fazem muitos anos. Pra mim é de uma importância muito grande, algo muito bonito, momento de fé, uma vez que o devoto vai entregar sua vida e agradecer pela romaria que passou”, expressou o sacerdote.

Veja Também