Após vazamento de fotos durante a prova, Instituto afirma que concurso da PM não será cancelado

Mesmo com o ocorrido, a seleção continua valendo e não será cancelada, pois não ocorreu nenhuma violação de sigilo das provas que possa ocasionar a anulação do concurso.

Postado em: 13-07-2022 às 16h10
Por: Victória Vieira
Foram vazadas fotos das folhas de respostas em branco, folhas da prova discursiva e documentos sobre a distribuição de salas | Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

No último domingo (10/7) ocorreu o concurso para Polícia Militar, mas durante a realização da prova foram vazadas fotos das folhas de respostas em branco, folhas da prova discursiva e documentos sobre a distribuição de salas.

O concurso da Polícia Militar disponibilizou até 1,5 mil vagas com salários de R$ 6,3 mil. O caderno continha 50 itens e foi aplicado em Goiânia, Itumbiara, Luziânia, Rio Verde e Uruaçu. A Secretaria Estado da Administração (Sead) pediu que o Instituto AOCP tomasse medidas urgentes de punição contra o responsável do vazamento.

Segundo o órgão responsável pela organização do concurso, Instituto AOCP, mesmo com o ocorrido, a seleção continua valendo e não será cancelada, pois não ocorreu nenhuma violação de sigilo das provas que possa ocasionar a anulação do concurso.

Continua após a publicidade

“Todos os candidatos nesse momento já deveriam estar com os seus celulares lacrados em um envelope fornecido pela organizadora do concurso. A candidata que tirou as fotos violou as regras do edital e será eliminada”, explicou a organizadora.

Ainda de acordo com o Instituto, as fotos foram tiradas antes dos candidatos iniciarem as provas. Os cadernos não haviam sido entregues e os participantes tinham permissão para saírem com eles ao finalizarem. Ao que parece, foi nesse momento que um dos candidatos tirou a foto segurando a prova.

Além disso, os registros referentes aos documentos administrativos do concurso foram feitas em um ambiente fechado.

“Esclarecemos que não ocorreu nenhum fato que pudesse comprometer a lisura do concurso público realizado, bem como a divulgação do gabarito das provas antes do momento disposto no edital do concurso”, informou a AOCP.

Agora as próximas etapas para os selecionados serão o teste de aptidão físico (TAF), exames médicos e psicológico e investigação social.

Veja Também