Com as férias de julho, denúncias por poluição sonora aumentam em Goiânia

Os números são mais evidentes e altos no mês de julho, já que grande parte das pessoas aproveitam o momento de descanso para fazer festas com som automotivo na capital.

Postado em: 19-07-2022 às 14h48
Por: Victória Vieira
Ao todo, foram 208 de denúncias, 12 aparelhos sonoros e três carros automotivos apreendidos | Foto: Reprodução

No último final de semana, a Amma (Agência Municipal do Meio Ambiente) realizou uma operação especial de combate à poluição sonora. A ação iniciou na sexta-feira (15/7) e foi finalizada no domingo (17/7). Ao todo, foram 208 denúncias, 12 aparelhos sonoros e três carros automotivos apreendidos.

Desde do início do ano, de acordo com a Amma, foram registradas quase 15 mil denúncias de poluição sonora em Goiânia.

Os números são mais evidentes e altos são no mês de julho, já que grande parte das pessoas aproveitam o momento de descanso para fazer festas com som automotivo na capital.

Continua após a publicidade

Uma das denúncias presentes na operação foi referente a uma distribuidora de bebidas, que estava com o carro de som automotivo ultrapassando o limite sonoro permitido. Além de terem os veículos apreendidos, os quatros homens responsáveis pela poluição sonora foram detidos e terão que pagar uma multa no valor de R$ 15 mil, cada.

Apesar da recorrência de reclamações, a maioria dos estabelecimentos visitados estavam respeitando o volume estipulado.

“À noite, o limite máximo permitido é de 50 decibéis e, portanto, parabenizamos aqueles que se enquadram na legislação”, comenta Luan Alves, presidente da agência. Ele ainda ressalta a importância da fiscalização, pois a prática dessas atividades são prejudiciais a qualidade de vida do cidadão goianiense.

“É necessário receber o auditor fiscal da Amma para que a medição do volume de decibéis seja realizada”, informou. As denúncias podem ser feitas através do site da prefeitura ou ligando para o telefone 161.

Veja Também