Homem sequestra ex-namorada, a obriga a dirigir de Goiânia até o DF e é preso após bater carro em fuga

A vítima ainda conta que piscou os faróis do carro ao avistar uma viatura da polícia na BR-080, no DF, e, assim, foi resgatada.

Postado em: 28-07-2022 às 17h39
Por: Ana Bárbara Quêtto
A vítima ainda conta que, piscou os faróis do carro ao avistar uma viatura da polícia na BR-080, no DF, e, assim, foi resgatada | Foto: Divulgação

Um homem de 43 anos foi preso pela Polícia Militar, após, supostamente, ter obrigado sua ex-namorada a dirigir de Goiânia até o Distrito Federal (DF), que fica a 200km da capital goiana. Segundo os militares, o ex-namorado não aceitava o fim do namoro e, por isso, a sequestrou.

A mulher de 26 anos relatou aos policiais que o homem havia rodeado seu veículo durante o dia e, depois, foi até sua casa para que os dois pudessem conversar. No local, ele teria a enforcado inúmeras vezes, até ela perder a consciência.

Enquanto estava desmaiada, o ex a colocou no carro e começou a dirigir pelas ruas de Goiânia por várias horas. Ela também afirma que, quando acordava, ele repetia a mesma agressão até que ela desmaiasse novamente.

Continua após a publicidade

O homem, então, teria sacado uma arma contra ela e obrigado que ela dirigisse até Brasília. A vítima ainda conta que, piscou os faróis do carro ao avistar uma viatura da polícia na BR-080, no DF, e, assim, foi resgatada.

Leia também: HIV: Médicos anunciam 4º caso de cura através de transplante

Batida em poste

Depois de serem parados pela polícia, o ex-namorado desceu do Kia Cerato e disse aos PMs que estava procurando uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para a vítima. Os policias solicitaram levar a mulher, uma vez que se tratava de uma emergência médica.

Neste momento, o homem entrou no carro e arrancou em alta velocidade. Mas, o veículo foi localizado e passou a ser perseguido. Após infringir ordens de parada e sinais vermelhos, o suspeito bateu contra outro carro e em um poste.

Ele ainda tentou fugir, contudo, por estar ferido, não conseguiu ir longe. Ele recebeu primeiros socorros do Corpo de Bombeiros, assim como atendimento médico. Em seguida, foi detido por sequestro e cárcere privado.

Por fim, durante a vistoria do veículo, a PM constatou que a arma de fogo na verdade era uma arma de brinquedo usada para amedrontar a vítima.

Leia também: Homem é preso suspeito de forjar próprio sequestro para extorquir a mãe

Veja Também