Prazo para regularização de licenciamento de táxi em Goiânia é prorrogado

Dos 1.916 permissionários em Goiânia, apenas 974 estão com licenciamento em dia

Postado em: 05-08-2022 às 09h42
Por: Rodrigo Melo
Dos 1.916 permissionários em Goiânia, apenas 974 estão com licenciamento em dia | Foto:

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos) assinou, na tarde desta quinta-feira (4/8), portaria que prorroga o prazo de licenciamento das permissões de táxi em Goiânia até o dia 31 de dezembro de 2022. A medida atinge 942 profissionais cadastrados na Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM) que se encontram em atraso.

Por esse motivo, não cumpririam com os critérios estabelecidos para inclusão no programa de auxílio do Governo Federal, que destinará à categoria parcelas mensais de R$ 1 mil, de julho a dezembro deste ano, para compensar os efeitos do aumento no preço dos combustíveis.

Dos 1.916 permissionários em Goiânia, 974 estão com licenciamento em dia. Aqueles que se encontram com licenciamento vencido, a partir de 1º/01/2020, devem proceder à regularização das permissões até 31/12/2022, tendo em vista a plena execução da atividade. O permissionário que não fizer a atualização até a data estabelecida pagará multas, juros e encargos retroativos a 01/01/2020.

Continua após a publicidade

Como fazer

De acordo com o gerente de Gestão e Controle de Transportes Municipais da SMM, Hugo Nascimento, o primeiro prazo para enviar a lista de taxistas aptos para o benefício encerrou em 31 de julho. “Vai ter um novo prazo. Poderemos enviar entre os dias 5 e 20 de agosto. A data limite é 11 de setembro, explicou.

Em caso de débitos, o motorista deve procurar o Atende Fácil e apresentar cópias de documentos como a permissão de taxista, vistoria do carro e declaração informando o período em que efetivamente desempenha o serviço na condução do veiculo. Para isso, ele deve fazer agendamento no site do órgão.

Participaram da reunião o vereador Anselmo Pereira; presidente da CMTC, Tarcísio Abreu; secretário executivo de Mobilidade, Ciro Meirelles; presidente da Coopertag, Robertinho do Táxi; presidente do Sindtax Goiânia, Humberto Mendes; presidente da Cooperativa de Consumo dos Motoristas de Goiânia, Hélio Teodoro, e o presidente do Sinatran, Valdeci Campos.

Veja Também