Jovem suspeito de matar vizinha e pedir R$ 250 de resgate à família dela é apreendido em Senador Canedo

Suely Maria Antunes Brito Pires, de 59 anos, foi morta a facadas, com sinais de violência sexual

Postado em: 07-08-2022 às 09h02
Por: Ana Bárbara Quêtto
Suely Maria Antunes Brito Pires, de 59 anos, foi morta a facadas, com sinais de violência sexual | Foto: Reprodução

Um jovem de 16 anos, suspeito de matar uma vizinha, foi apreendido. Além disso, o adolescente chegou a pedir R$ 250 de resgate à família da vítima, dizendo que ela havia sido sequestrada e estava em cativeiro, no bairro Jardim Novo Mundo, em Goiânia.

No entanto, ao rastrear a mensagem, a polícia descobriu que o suspeito estava alojado na casa de parentes, em Senador Canedo, a 20 km da capital. Dessa forma, o rapaz foi apreendido neste sábado (6/8).

Segundo a polícia, o crime aconteceu no dia 30 de julho, mas o jovem aguardou uma semana para pedir o resgate. Suely Maria Antunes Brito Pires, de 59 anos, foi morta a facadas, com sinais de violência sexual.

Continua após a publicidade

Uma filha de Pires, que estranhou o pedido do regaste, foi até a casa da mãe e encontrou o corpo de Suely. De acordo com o tenente da Rondas Ostensivas Metropolitanas (Rotam), Cleudemiro Santos, a polícia achou o adolescente por uma chave de PIX.

“Ele encaminhou uma chave PIX, que foi verificada pela polícia e acabou-se chegando a residência dele”, explicou o agente ao G1.

Leia também: Após batida, caminhão derruba poste e vai parar dentro de oficina em Goiânia

Veja Também