Startup goiana leva esporte e saúde de baixo custo

Serviços são oferecidos por assinatura integrado por um aplicativo

Postado em: 11-08-2022 às 07h44
Por: Maria Paula Borges
O projeto tem como objetivo aumentar a produtividade e competitividade pela tecnologia em micro e pequenas empresas | Foto: Reprodução

O Terceiro Setor goiano, instituições que não fazem parte do Estado e do mercado, foi inovado por uma Startup com serviço por assinatura de baixo custo que reúne tecnologia, esporte, nutrição e lazer em condomínios residenciais. A empresa faz parte de mais de seis mil empresas goianas que participaram do programa Brasil Mais.

O programa, coordenado pelo Ministério da Economia em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), tem como objetivo aumentar a produtividade e competitividade pela inovação e tecnologia em micro e pequenas empresas do Brasil todo. 

Segundo o Agente Local de Inovação (ALI) do Sebrae, Victor Afonso, que acompanha a empresa no programa Brasil Mais, a proposta da Ciclo 22 é inovadora no território goiano, uma vez que traz um trabalho direcionado para condomínio e empresas, reunindo benefícios da área da saúde preventiva em uma assinatura de baixo custo. Além disso, afirma conhecer poucas empresas que fazem o serviço inclusive em território nacional. 

Continua após a publicidade

A empresa oferece um pacote de serviços por assinatura integrado por um aplicativo que contempla aulas de esportes de profissionais nos espaços comuns do condomínio como quadras, academias e piscinas. É disponibilizado ainda o serviço de nutricionistas para consultas presenciais e desenvolvimento de plano alimentar personalizado, além de ocupação saudável para crianças.

De acordo com Victor, a empresa já havia adotado processos formalizados antes mesmo de entrar para o Brasil Mais, mas foram repensados em uma nova formatação de captação e marketing, combinados com a experiência do usuário. “Uma das diretrizes do programa é buscar o crescimento por meio da inovação, sempre pensando em melhorias na experiência dos clientes”, afirmou.

Mesmo com a importância de manter a rotina de exercícios físicos e alimentação balanceada, algumas pessoas não podem pagar pelo serviço de vários profissionais da saúde e ainda ter a liberdade de se deslocar até as consultas, sessões e treinos. Para isso, o diretor e proprietário da startup, Felipe Carvalho, conta que a empresa reverteu a situação de preços elevados, pensando em romper com a ideia de que é preciso gastar muito dinheiro e tempo para ter uma vida saudável.

“Pensamos em um serviço que desmistifique a convicção de que é necessário gastar muito dinheiro e tempo para ser saudável. Levamos saúde e bem-estar para o âmbito familiar pelo preço mensal inferior ao valor médio de uma pizza com refrigerante praticado aqui na capital”, afirmou Felipe.

Além disso, o empresário relata que esperou as férias escolares de julho para inaugurar os serviços com uma Colônia de Férias para crianças em um condomínio padrão com área de lazer completa, em Goiânia. O evento contou com brincadeiras e jogos, além de profissionais de educação física e uma pedagoga, que ministraram ainda a iniciação esportiva em natação, basquete, futebol e vôlei para crianças de 5 a 12 anos. 

Felipe afirma que foi uma oportunidade de demonstrar a possibilidade de criar uma rotina saudável para todas as idades nas áreas comuns dos condomínios. “Iniciar nosso serviço com um evento intensivo direcionado para crianças, movimentou a comunidade condominial e vai estimular as crianças a participarem das nossas atividades esportivas durante todo o ano”, pontuou.

Veja Também