Polícia prende homem que roubou veículo, sequestrou e torturou vítima durante três dias em Goiânia

Ao perceberem que não teriam sucesso, os criminosos soltaram a vítima e abandonaram o veículo, mas não sem antes furtarem diversas peças do carro

Postado em: 15-08-2022 às 08h42
Por: Rodrigo Melo
Ao perceberem que não teriam sucesso, os criminosos soltaram a vítima e abandonaram o veículo, mas não sem antes furtarem diversas peças do carro | Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Goiás (PCGO), por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), cumpriu sexta-feira (12/8), mandado de prisão preventiva contra um homem que que roubou veículo, torturou e manteve a vítima em cárcere privado durante três dias em Goiânia.

Segundo polícia, no dia 3 de maio, Anderson de Araújo Silva, também conhecido como Rondônia, juntamente com outros quatro criminosos, realizaram o crime. Durante todo esse período, a vítima era torturada e a mãe dela extorquida a transferir o veículo aos criminosos ou realizar transferência no valor de R$ 14 mil.

Ao perceberem que não teriam sucesso, os criminosos soltaram a vítima e abandonaram o veículo, mas não sem antes furtarem diversas peças do carro.

Continua após a publicidade

Prisão

Dos cinco criminosos, três foram identificados e a prisão preventiva deferida. Os outros dois envolvidos: Leandro Barros da Silva, vulgo “Sgoth”, e Diego Jesus dos Santos se encontram foragidos.

Qualquer informação sobre o paradeiro de Leandro e Diego podem ser repassadas anonimamente via Disque Denúncia da Polícia Civil: Disque 197.

Leia também: Motorista que invadiu restaurante é indiciada pela Polícia Civil

Diego Jesus
Leandro Barros

Veja Também