Homem mata ex-namorada com estilete no Paraná: ‘Você não vai viver sossegada’

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento de cinco anos e a perseguia constantemente.

Postado em: 11-09-2022 às 10h55
Por: Victória Vieira
A vítima trabalhava como cuidadora de crianças em um hospital em Curitiba | Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal

Uma mulher foi assassinada pelo ex-namorado com golpes de estilete em uma festa no Paraná (PR). Francislaine de Camargo Santos, de 33 anos, já vinha sendo ameaçada de morte pelo rapaz. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento de cinco anos e a perseguia constantemente.

No momento do crime, a vítima estava com a mãe e uma amiga, quando de repente foi abordada pelo homem que implorou para reatarem o relacionamento. Entretanto, a mulher disse que não tinha interesse em voltar com o ex-namorado. Com isso, o suspeito saiu do local, mas acabou retornando e logo em seguida, feriu Fracislaine no pescoço utilizando um estilete.

A vítima que trabalhava como cuidadora de crianças em um hospital em Curitiba, infelizmente não resistiu aos ferimentos e deixa uma filha de 13 anos. Segundo o boletim de ocorrência apresentado pela Polícia Civil, o suposto assassino tentou tirar a própria vida com a arma branca, mas foi socorrido e encaminhado para o hospital em estado grave.

Continua após a publicidade

Antes de realizar o crime, o rapaz havia mandado mensagens ameaçadoras à Fracislaine, dizendo: “Só espera para ver, sua filha da ****. Vou acabar com a minha vida e a sua. Se você soubesse a raiva que eu tô de você, você nem apareceria na minha frente”. Além disso, ele ainda havia afirmado que faria a vida da mulher um “inferno” e que não a deixaria viver sossegada.

O depoimento da família de Fracislaine alega que o suspeito ficava violento quando consumia bebidas alcoólicas e realizava ofensas a sua ex-companheira, mas ele nunca chegou a agredi-la fisicamente.

Veja Também