Centro de Medicamento de Alto Custo passa a aplicar remédios injetáveis em Goiás

A proposta é a melhora da adesão do paciente ao tratamento e a eficiência no uso do produto

Postado em: 22-09-2022 às 08h15
Por: Rodrigo Melo
A proposta é a melhora da adesão do paciente ao tratamento e a eficiência no uso do produto | Foto: Tatiana Fortes

O Centro Estadual de Medicação de Alto Custo Juarez Barbosa (Cemac) passa a contar com o serviço de aplicação dos medicamentos injetáveis. A unidade disponibiliza 185 fórmulas farmacêuticas para tratamento de doenças como asma, artrite e insuficiência renal crônica.

Os beneficiados são aqueles que necessitam de medicamentos periódicos, com prescrição para aplicação mensal, trimestral ou semestralmente. A ideia do projeto é a melhora da adesão do paciente ao tratamento e a eficiência no uso do produto.

Segurança

Roney Pereira Pinto, diretor-geral do Cemac, explica a importância do contato com farmacêutico de que o usuário dispõe antes de iniciar a terapia.

Continua após a publicidade

“Muitas vezes, quando há efeitos adversos, o paciente acaba não voltando ao médico para avisar. Neste serviço que disponibilizamos, o paciente fica à vontade para falar com o farmacêutico, informando todos os detalhes, incluindo algum efeito adverso”, ressaltou.

Segundo o farmacêutico da unidade, Herbert Humberto, além de ajudar na dispensação do medicamento e na forma correta do uso do produto, também informa os efeitos adversos para o médico assistente, o que auxilia na conduta clínica, incluindo até uma troca da terapia ou o manejo no tratamento se for o caso.

Leia também: Senado propõe auxílio de R$ 2 bi para viabilizar piso de enfermagem

Veja Também