Professoras sequestram diretora de escola e a ameaçam de morte

Suspeitas são mãe e filha e trabalham no local há um ano. Mais nova seria alvo de queixas pela forma como trata alunos

Postado em: 24-04-2018 às 16h05
Por: Katrine Fernandes
Suspeitas são mãe e filha e trabalham no local há um ano. Mais nova seria alvo de queixas pela forma como trata alunos

Duas professoras da rede pública de Anápolis, a 55 km de
Goiânia, estão sendo investigadas pela Polícia Civil por sequestrarem e
ameaçarem de morte a diretora da escola onde elas trabalham. O crime teria sido
motivado pelo fato da gestora querer transferir a mais nova para outra unidade
de ensino.

O caso aconteceu na tarde desta segunda-feira (23), a vítima
conta ter sido abordada no final do expediente, após reunião para entrega de
boletins. As professoras teriam pedido que ela se aproximasse do carro delas,
alegando que queriam conversar. Com uma arma e spray de pimenta, elas renderam
a diretora.

Continua após a publicidade

A vítima relatou que foi ameaçada em todo o trajeto e que as
educadoras teriam dito que estavam insatisfeitas com o processo aberto pela
gestora para transferir a mais nova. A professora teria que ser trocada de
local de trabalho por ser alvo de diversas queixas e reclamações, por causa da
forma como trata os alunos.

A diretora ainda abalada com o ocorrido, diz não saber do que
as agressoras são capazes e teme pela vida de amigos e familiares.

“Ela fez várias ameaças, e eu temo muito pela minha
vida, pela vida dos meus filhos, pela vida da minha mãe, pela vida da minha
família como um todo. Ela também ameaçou outros funcionários da escola dentro
do carro.” disse a diretora

Depois de quase uma hora com a diretora dentro do carro, as
professoras teriam voltado à escola e a deixaram no local. A vítima procurou então a polícia.

A Secretaria Municipal de Educação informou que afastou as
professoras do trabalho e que investiga o caso. Elas trabalhavam na escola há
um ano. A instituição é de ensino fundamental e fica na Vila Jaiara.

Ninguém havia sido preso até a publicação desta reportagem.
No início da tarde desta terça (24), as professoras prestavam depoimento na
delegacia da cidade e negaram o crime, a dupla disse ainda que apenas levou a
colega para um passeio.Testemunhas que viram as três dentro do carro também já foram
ouvidas.

“Se ficar realmente comprovado, pelo que foi falado na
acusação, temos ameaça, temos sequestro, temos porte ilegal de arma. A pena é
grande”, declarou o delegado Helio Rodrigues de Sousa.

 Com informações do G1 Goiás

Veja Também