Reformas de viadutos começam neste domingo

Reformas nos Viadutos da T-63 e na Praça do Ratinho deixará o trânsito mais lento

Postado em: 28-04-2018 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Reformas nos Viadutos da T-63 e na Praça do Ratinho deixará o trânsito mais lento

Raunner Vinicius Soares*

Prefeitura de Goiânia neste domingo (29) a recuperação dos Viadutos João Alves de Queiroz conhecido popularmente como Viaduto da T-63, e o Viaduto Lafit Sebba, na Praça do Ratinho. As reformas terão reflexo no trânsito destes trechos. A Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) irá auxiliar motoristas que passarem pelo local. A SMT diz que, a previsão é que seja interditada apenas meia pista visto que o trabalho de retirada será feito durante o feriado prolongado, Dia do Trabalhador, terça-feira (1).

Continua após a publicidade

Os trechos entre a Avenida 85 que dá acesso ao Setor Bueno, Marista e Jardim América de um lado, e Setor Central, Leste Universitário, Leste Vila Nova, Nova Vila e Marechal Rondon do outro, e a Avenida T-63, que dá acesso Jardim América, Parque Amazônia e Setor Pedro Ludovico, serão os mais prejudicados. 

Obras

A princípio, estão na pauta duas hipóteses de restauração: a primeira delas consiste apenas na substituição das placas de alumínio em um processo já semelhante ao que havia sido projetado na inauguração das estruturas, há uma década.

Nesta primeira fase da obra as placas danificadas serão retiradas e novas serão colocadas no local iniciando o processo de recuperação.  A licitação dos novos materiais sairá nos próximos 28 dias, até a administração fará a substituição de forma direta para dar agilidade nas obras.

A Seinfra destaca ainda que o trabalho seja feito em conjunto com outras secretarias, pois a recuperação será estendida com a troca de iluminação, letreiros, jardinagem, pintura e até um projeto de arborização será estudado para o local, que virou cartão-postal de Goiânia. 

O projeto da Secretária de Infraestrutura visa a recuperação e reitera a preocupação da gestão do preito Iris Resende com a estrutura física e representativa dos dois monumentos para a população goianiense. Os dois monumentos são relacionados à Goiânia, porque são cartões postais, um símbolo, para a cidade.

Projeto moderno, porém mal cuidado

O monumento da Avenida T-63 representa uma bússola. Por sua vez, o da Avenida 85, possui 46 metros de altura e suas três pontas indicam as regiões Leste, Oeste e Sul que são as regiões com o maior crescimento urbano da Capital. Dois espelhos d’água foram construídos sob o viaduto da Avenida T-63, aludindo às fontes consideradas cartão postal da cidade. Já na Praça do Ratinho, criou-se uma trincheira, com o objetivo de desobstruir o fluxo de veículos da Avenida 85, ligando-as aos setores Oeste, Marista e Sul.

Inaugurados em 2007 pelo prefeito Iris Resende, os viadutos representaram um grande estilo para Goiânia, um conceito moderno e arquitetônico. A necessidade de reforma é antiga. A obra na Praça do Ratinho foi construída para desafogar o trânsito da Avenida 85 e, ao mesmo tempo, facilitar o acesso entre os setores Oeste, Marista e Sul, onde o trânsito havia aumentando significativamente. Na Avenida T-63, onde o viaduto João Alves de Queiroz foi construído, anteriormente existia a Praça Simão Carneiro, conhecida como Praça do Chafariz por abrigar, na época, um grande espelho d’água com fontes. (Raunner Vinicius Soares, especial para O Hoje)  

Veja Também