Homem é preso suspeito de cometer abuso sexual contra enteadas

As duas crianças contaram dos crimes para professoras durante uma aula de educação sexual na escola. O indivíduo nega as acusações

Postado em: 28-04-2018 às 15h00
Por: Victor Pimenta
As duas crianças contaram dos crimes para professoras durante uma aula de educação sexual na escola. O indivíduo nega as acusações

Um homem foi preso na sexta-feira (27) suspeito de cometer
abuso sexual contra duas enteadas menores de idade, em Cachoeira de Goiás,
Região Central do Estado. Os crimes aconteceram por, aproximadamente, um ano,
até que as duas crianças, de 8 e 9 anos, relataram os abusos para professoras.
De acordo com a Polícia Civil (PC), o indivíduo, de 31 anos, que trabalha como
diarista, negou as acusações.

As meninas informaram dos crimes durante uma aula de educação
sexual na escola. Elas contaram que o homem passava a mão pelo corpo delas
quando a mãe não estava em casa. O Conselho Tutelar foi chamado e o caso
repassado à polícia.

Continua após a publicidade

A PC informou que um laudo do Instituto Médico Legal teve
resultado inconclusivo para saber se houve conjunção carnal. Contudo, existem
indícios de atos libidinosos. O diarista responderá duas vezes por estupro de
vulnerável e, caso condenado, pode pegar pena de até 30 anos. Ele foi
encaminhado para o presídio de Aurilândia.

 Com informações do G1.

Veja Também