Condutor de carreta é preso com maior índice de embriaguez

Motorista trafegava pela BR-153 e tinha como destino cidade no interior de São Paulo. Em depoimento, ele confessou ter bebido quantidade inferior ao registrado no teste do bafômetro

Postado em: 01-05-2018 às 12h25
Por: Guilherme Araújo
Motorista trafegava pela BR-153 e tinha como destino cidade no interior de São Paulo. Em depoimento, ele confessou ter bebido quantidade inferior ao registrado no teste do bafômetro

Sete pessoas foram presas por embriaguez ao volante em rodovias federais que cortam o Estado de Goiás. As prisões aconteceram como parte da Operação Dia do Trabalhador.

Um dos casos, entretanto, chamou a atenção dos agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal). Sem idade ou identidade reveladas, agentes de plantão contaram que uma carreta seguia em zigue-zague pela pista, até quase se chocar contra o posto da polícia. 

Continua após a publicidade

Ao fazer o teste do bafômetro, o resultado acusou o maior índice de embriaguez já registrado no Estado: 1,5 miligrama de álcool por litro de ar alveolar.

A quantidade representa cerca de 3/4 do total apurado pelo aparelho usado em testes do tipo. O condutor confessou ter bebido e em depoimento, disse que seu destino final era Bebedouros, no interior de São Paulo. Ele foi preso por crime de trânsito, tendo sido encaminhado à Central de Flagrantes de Porangatu, cidade a 400 km da capital.  

Veja Também