Protótipo de celas modulares será apresentado nesta sexta

No total, serão compras 200 celas que devem criar no sistema prisional espansão da capacidade para 2.400 novas vagas

Postado em: 03-05-2018 às 15h53
Por: Guilherme Araújo
No total, serão compras 200 celas que devem criar no sistema prisional espansão da capacidade para 2.400 novas vagas

Deve ser apresentada nesta sexta-feira
(4) o novo modelo de cela modular utilizado no sistema penitenciário do Estado
de Goiás. Desenvolvido para atender a situações emergenciais, a expectativa é
de que as primeiras celas estejam aptas para utilização já a partir do mês de
julho.

Desenvolvido no Polo Empresarial de
Goiás, em Aparecida de Goiânia, o objetivo é partir em busca de medidas de
curto e médio prazos para o atendimento de necessidades emergenciais do sistema
penitenciário no Estado.

Continua após a publicidade

Diante da superlotação das prisões,
panorama que se estende a nível nacional, o titular da Diretoria-Geral de Administração
Penitenciária (DGAP), coronel Edson Costa, afirma que a mudança vem para
garantir melhores condições para os detentos.

A previsão é que sejam construídas
inicialmente 120 celas com capacidade para 2.400 presos. Ainda não há uma data
definida em relação aos processos licitatórios, que segundo o cronograma
previsto devem ser abertos nos próximos dias.

Além das celas modulares, a
administração visa ainda a compra de placas de concreto para uso na construção
de muralhas, a fim de aumentar a segurança de complexos prisionais.

Veja Também