Primeiro Ecoponto de Goiânia é inaugurado neste sábado

Espaço funcionará todos os dias, das 07h às 19h. A intenção é que os resíduos sólidos gerados pelo município tenham um descarte correto

Postado em: 03-05-2018 às 16h30
Por: Victor Pimenta
Espaço funcionará todos os dias, das 07h às 19h. A intenção é que os resíduos sólidos gerados pelo município tenham um descarte correto

O primeiro Ecoponto de Goiânia será inaugurado neste sábado (05), às 09 horas, na Rua GB5 com GB6, no Jardim Guanabara II. O objetivo é dar destino correto aos resíduos sólidos gerados no município, além de funcionar como uma estação de entrega voluntária de pequenas quantidades de óleo de cozinha usado, resíduos recicláveis e volumosos. O prefeito Iris Rezende estará presente na solenidade.

O ponto para descarte é todo cercado e composto por caçambas para cada tipo de resíduo, onde a população poderá depositar o material de maneira gratuita. O espaço também possibilitará que pontos de descarte irregulares em vias públicas sejam reduzidos e, assim, será possível diminuir a quantidade de vetores transmissores de doenças, como o Aedes aegypti. O Ecoponto foi construído pela Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg).

Continua após a publicidade

Dentre os materiais que podem ser descartados estão:

– resíduos da construção civil: tijolos, blocos, telhas, placas de revestimento, argamassa, concreto, entre outros;

– materiais recicláveis: plástico, papel, papelão, metal, vidro, madeira, embalagens vazias de tintas imobiliárias, gesso, entre outros;

– pneus (até quatro unidades por dia);

– pode de galhos, folhas, capim, entre outros provenientes da limpeza particular, no total de 2m³, o que equivale a um reservatório de água de 2 mil litros;

– objetos gerados nas residências denominados como móveis, eletrodomésticos e seus componentes (até quatro unidades por dia).

Em relação aos que não podem estão:

– restos de alimentos, rejeito sanitário, entre outros;

– tecnologias que não permitam reciclagem, como televisores e similares;

– resíduos de construção, como tintas, solventes, óleos e outros;

– resíduos de serviço de saúde, como órgãos, tecidos, materiais radioativos ou perfurocortantes, entre outros;

– resíduos industriais;

– resíduos agrícolas e da pecuária, como fertilizantes, defensivos, rações, entre outros;

– resíduos perigosos, como lâmpadas, pilhas e baterias, eletrônicos e outros.

A limpeza da cidade é o principal ponto do espaço, que pode contribuir com a coleta seletiva e redução de gastos com a remoção de resíduos porta-porta. O Ecoponto funcionará todos os dias, das 07h às 19h. Uma equipe da Comurg fará a triagem dos resíduos e encaminhará para um destino correto.

Veja Também