‘Maio Amarelo’ busca conscientização nas ruas

Estado e Município de Goiânia aderem à campanha que visa alertar para os riscos de acidentes de trânsito

Postado em: 04-05-2018 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Estado e Município de Goiânia aderem à campanha que visa alertar para os riscos de acidentes de trânsito

Raunner Vinicius Soares*


O governo de Goiás lançou o Movimento Maio Amarelo que visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito. Em conjunto, a Prefeitura de Goiânia, por intermédio da Secretaria Municipal de Trânsito de Goiânia (SMT), participou, ontem, de uma atuação integrada, com o titular da Secretaria, Fernando Santana, agentes da SMT e integrantes de outros órgãos abriram o mês de campanha com uma blitz educativa na GO-070.

Continua após a publicidade

Os números de mortos e feridos no trânsito preocupam não só os governos, mas toda sociedade. No ano de 2014 foram registradas 32,5 mortes em acidentes terrestres para cada mil habitantes em Goiás. Em 2016, com a intensificação aos investimentos em educação e fiscalização, o índice caiu para 25,9 mortes para cada mil habitantes, conforme dados preliminares do Departamento de Informática do SUS (Datasus). 

Em Goiânia, Segundo dados do Sistema de Informação Sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde, os óbitos por acidentes de transporte terrestre tiveram redução de 18% no ano de 2015 em Goiânia, em relação ao ano anterior, passando de 350 registros para 287. Apesar da diminuição, a série histórica analisada de 2011 a 2015, em Goiás e na capital goiana, revela uma tendência de crescimento anual das mortes em decorrência do trânsito.

De acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária, os acidentes são consequência de escolhas inadequadas e arriscadas, sendo a maioria deles causada por imprudência e desatenção.

Por isso o Movimento Maio Amarelo surgiu com o objetivo de, por meio de uma ação coordenada entre o poder público e a sociedade civil, colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos seguimentos. A marca que simboliza o movimento, o laço na cor amarela, que seguem a mesma proposta adotada pelos movimentos de conscientização no combate ao câncer de próstata e o câncer de mama. Como o próprio nome diz, é um movimento, não uma campanha.


Blitz educativas

As atividades dentro do Maio Amarelo incluem abordagem de condutores com entrega de materiais e conscientização para um trânsito mais seguro. Além da SMT, integram a ação o Observatório da Saúde do Estado, Detran de Goiás, Tribunal Regional Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Universidade Estadual de Goiás, Hospital de Urgências Governador Otávio Lage (Hugol) e outros parceiros.

O lançamento oficial da campanha a nível estadual foi feito pelo governador José Eliton e pelo Superintendente da PRF em Goiás, inspetor Álvaro Resende Filho. Nesta edição o Maio Amarelo traz o tema, “Nós somos o trânsito”, que evidencia a responsabilidade do individuo com fator preponderante para compartilhamento seguro das vias por motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres. (Raunner Vinicius Soares é integrante do programa de estágio do jornal O Hoje sob orientação do editor de Cidades Rhudy Crysthian) 

Veja Também