Polícia Civil desativa laboratório de drogas em Goiânia

Ainda durante a operação, o investigado tentou subornar os agentes para que ele fosse liberado do flagrante. O suspeito recebeu voz de prisão também pelo crime de corrupção ativa

Postado em: 11-05-2018 às 13h50
Por: Katrine Fernandes
Ainda durante a operação, o investigado tentou subornar os agentes para que ele fosse liberado do flagrante. O suspeito recebeu voz de prisão também pelo crime de corrupção ativa

Katrine Fernandes*

A Polícia Civil prendeu na noite
de ontem (10), no Setor Recanto do Bosque em Goiânia, Wolney Henrique Borges de
Freitas, por tráfico de drogas, associação ao tráfico, posse ilegal de arma de
fogo de uso restrito e corrupção ativa.

Continua após a publicidade

Na residência em que homem foi
preso em flagrante, havia um depósito que servia como um laboratório, onde era usado
para a fabricação de drogas. A Polícia apreendeu ao todo aproximadamente 8 kg
de vários tipos de entorpecentes, além de duas balanças de precisão, um
revólver calibre 38 com numeração raspada, munição e cinco mil reais em
dinheiro.

O maquinário para a produção das drogas
(liquidificador, facas, tesoura, alicate, aspirador de pó, todos com resquícios
de drogas) também foi apreendido. Ainda segundo informações da PC, foi aberta
uma investigação contra uma menor que estava no local e que era companheira do
acusado, foi feito o boletim de ocorrência e depois ela foi liberada.

Ainda durante a operação, o
acusado Wolney Henrique tentou subornar os agentes para se livrar do flagrante.
Foi oferecido como forma de pagamento aos policiais 10 mil reais além dos entorpecentes
apreendidos. Em seguida o delegado Humberto Teófilo responsável pelas
investigações, deu voz de prisão para o homem também pelo crime de corrupção
ativa.

 

Veja Também