Mulher grávida e filha de 4 anos morrem atropeladas em faixa de pedestres

A família saiu de Nova Veneza para passar o Ano Novo com a parentes de Goiânia| Foto: Divulgação/Polícia Civil de Goiás

Postado em: 01-01-2020 às 09h30
Por: Redação
A família saiu de Nova Veneza para passar o Ano Novo com a parentes de Goiânia| Foto: Divulgação/Polícia Civil de Goiás

Da Redação

Uma mulher de 27 anos, grávida de cinco meses, e a filha de 4 anos morreram atropeladas nesta terça-feira (31) por um carro numa faixa de pedestres na Avenida Independência, em Goiânia. O marido de Meiriany Ester Luiz Cotrim percebeu a aproximação do veículo antes do restante da família e conseguiu voltar ao início da pista.

Segundo Raul Rodrigues, marido de Meiriany, a motorista do carro trafegava em velocidade superior ao permitido na Avenida e teria avançado o sinal vermelho. No momento do acidente, ele carregava a outra filha no colo.

Continua após a publicidade

Segundo a Polícia Militar (PM), a motorista do VW Polo aguardou o socorro médico no local do acidente e teve resultado negativo no teste de bafômetro. A mulher foi levada por uma viatura da PM para prestar depoimento na Delegacia de Investigação de Crimes de Homicídios (Dict), mas liberada por causa do recesso de Ano Novo. O depoimento ficou marcado para a próxima segunda-feira (6) de janeiro.

Os corpos das vítimas estão sob exame cadavérico no Instituto Médico Legal para serem liberados para o enterro.

A mãe da vítima conta que a família veio de Nova Veneza para passar a virada de Ano Novo em Goiânia. Mirtes Luiz lamentou a morte da filha e da neta e cobra justiça.

Réveillon

A família veio de ônibus de Nova Veneza, interior de Goiás, para passar a festa de Ano Novo com parentes de Goiânia. Eles desembarcaram na Rodoviária e seguiram a pé pela Avenida Independência para pegar outro ônibus.

Durante a travessia na faixa de pedestres, o carro acertou a mãe a filha. A menina de 4 anos foi arremessada a metros de distância com a força da batida. 

Veja Também