PF pede à Interpol prisão de acusado por ataque à produtora

Eduardo Fauzi refugiou-se na Rússia, porém o país tem acordo de extradição com o Brasil; ele foi identificado como autor do atentado ao Porta dos Fundos – Foto: Reprodução.

Postado em: 08-01-2020 às 18h35
Por: Nielton Soares
Eduardo Fauzi refugiou-se na Rússia, porém o país tem acordo de extradição com o Brasil; ele foi identificado como autor do atentado ao Porta dos Fundos – Foto: Reprodução.

Nielton Soares

A Polícia Federal (PF) pediu, na
terça-feira (7), apoio à Organização Internacional de Polícia Criminal
(Interpol) para prender Eduardo Fauzi Richard Cerquise, um dos acusados de
atacar a sede da produtora Porta dos Fundos na véspera do Natal do ano passado.

O diretor-geral substituto da
corporação, Disney Rosseti, fez o pedido para a Interpol emitir um alerta
internacional, a chamada difusão vermelha, incluindo o suspeito entre as pessoas
procuradas pela Justiça criminal de países que fugiram para outras nações.

Continua após a publicidade

Fauzi foi identificado como um
dos cinco homens suspeitos de lançarem bombas caseiras contra a sede da
produtora, na zona Sul do Rio de Janeiro. Ele viajou para Rússia dias após o
ataque criminoso, porém o país tem acordo de extradição com o Brasil.

 

Veja Também