Balanço da PRF aponta redução no número de mortes nas rodovias

Segundo a corporação, foram registrados 2.292 acidentes em 2019, 155 a menos que em 2018, quando aconteceram 2.447| Foto: Reprodução/PRF

Postado em: 10-01-2020 às 12h00
Por: Redação
Segundo a corporação, foram registrados 2.292 acidentes em 2019, 155 a menos que em 2018, quando aconteceram 2.447| Foto: Reprodução/PRF

Eduardo Marques

Apesar das inúmeras tragédias registradas nas rodovias goianas ao longo de 2019, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apresentou um balanço que traz números relativamente positivos. Isso porque, segundo a corporação, o número de mortos em acidentes caíram 10% em relação a 2018. Além disso, o ano de 2019 bateu um recorde histórico no que diz respeito às apreensões de drogas em Goiás. Conforme a polícia, as apreensões no Estado saltaram de 1,3 tonelada em 2018 para quase 27 toneladas em 2019, um aumento de mais de 2.000%.

Segundo um balanço divulgado nesta sexta-feira (10), em 2019, a PRF registrou 2.292 acidentes, 155 a menos que em 2018, quando aconteceram 2.447. O índice de feridos foi um pouco maior no ano passado em relação ao ano anterior, com 2.775 pessoas com ferimentos contra 2.668. Porém, 20 pessoas a menos perderam a vida nas BRs em 2019 em relação a 2018. Segundo dados da corporação, foram registrados 172 óbitos ano passado contra 192 no ano anterior.

Continua após a publicidade

Além disso, ao longo do ano passado, 429 mil veículos e 326 mil pessoas foram fiscalizados por policiais rodoviários federais ao longo dos quase três mil quilômetros de rodovias e 187 mil infrações de trânsito foram flagradas pela PRF. Motoristas dirigindo sob efeito de álcool foram mais de 2,6 mil; sem utilizar o cinto de segurança 14 mil e outros 11 mil foram multados por ultrapassagens em locais proibidos.

Apreensões de drogas

A PRF, no balanço divulgado, informou também que apertou o cerco ao narcotráfico e as apreensões de drogas. Segundo os dados, as apreensões saltaram de 1,3 tonelada em 2018 para quase 27 toneladas em 2019, um aumento de mais de 2.000%. Esse é o maior volume de drogas apreendido pela PRF no estado desde quando esse dado passou a ser contabilizado, há cinco anos, quando o total de apreensões foi de 2,3 toneladas.

Os policiais rodoviários federais retiraram de circulação 26,6 toneladas de drogas ilícitas, 10 milhões de maços de cigarros ilegais, 73 armas de fogo, 2.675 munições, recuperaram 283 veículos roubados e prenderam 1518 pessoas.

De acordo com a PRF, o recente incremento na fiscalização e nas ações de prevenção de acidentes prometem reduzir ainda mais a quantidade de ocorrências nas rodovias goianas. 

 

Veja Também