Motorista deficiente é preso suspeito de dirigir carro roubado e sem CNH

Infrações foram registradas na BR-452, em Maurilândia, após veículo ser parado por transporte irregular de bebê, que estava no colo da mãe, no banco do passageiro| Foto: Divulgação/PRF

Postado em: 16-01-2020 às 09h45
Por: Redação
Infrações foram registradas na BR-452, em Maurilândia, após veículo ser parado por transporte irregular de bebê, que estava no colo da mãe, no banco do passageiro| Foto: Divulgação/PRF

Eduardo Marques 

Um motorista, de 20 anos, foi preso nesta quarta-feira (15) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por supostamente estar dirigindo um carro roubado pela BR-452, em Maurilândia, sudoeste de Goiás. Segundo a corporação, o fato e outras infrações de trânsito foram descobertos após os policiais perceberem que um bebê era levado no colo da mãe, no banco do passageiro.

Após parar o Hyundai HB20 para verificar essa infração relacionada à falta do uso de cadeirinha e descobriram que o motorista tem uma perna e dirigia um veículo sem adaptação própria para a deficiência.

Continua após a publicidade

Além disso, a PRF apurou que o motorista não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e que o carro em que estava havia sido roubado em Brasília em 2019. Ele foi preso por suspeita de receptação e conduzido à Polícia Civil de Rio Verde, também no sudoeste de Goiás.

O G1 tentou contato com os responsáveis na delegacia, mas até as 7h50 eles não haviam sido localizados para falar sobre o andamento das possíveis investigações e desdobramentos do caso.

Após a prisão do motorista e apreensão do veículo roubado, a PRF organizou um transporte adequado para a mãe e bebê, que foram levados para casa da forma considerada segura, em Maurilândia. 

Veja Também