Jovem é presa suspeita de esfaquear-se após briga e acusar o ex-companheiro

Segundo a Polícia Civil, intuito era simular uma lesão grave para prejudicar o homem| Foto: Reprodução/ Foto: Vitor Santana/G1

Postado em: 26-01-2020 às 16h45
Por: Redação
Segundo a Polícia Civil, intuito era simular uma lesão grave para prejudicar o homem| Foto: Reprodução/ Foto: Vitor Santana/G1

Da Redação

Uma jovem, de 18 anos, foi presa suspeita de esfaquear a si própria e acusar o ex-namorado, cuja idade não foi revelada, em Formosa, no Entorno do DF. Segundo a Polícia Civil, a mulher se automutilou após eles terem uma briga.

De acordo com a corporação, a corporação foi informada de que a jovem deu entrada em um hospital com ferimentos superficiais cometidos por arma branca no pescoço e na perna.

Continua após a publicidade

Aos policiais, a moça afirmou que estava caminhando por uma rua de madrugada quando foi rendida por um homem armado com uma faca, o qual anunciou o assalto e roubou seu celular. Ela afirmou ainda que, ao tentar fugir, acabou sendo ferida pelo suposto ladrão.

No entanto, durante as investigações, a corporação descobriu que a história não procedia. Na realidade, ela teve uma discussão com o ex-companheiro, onde acabou quebrando um cordão de prata dele. O homem, por sua vez, acabou se apossando do celular dela.

De acordo com a polícia, como forma de penalizar o homem e simular uma agressão grave, ela esfaqueou a si própria com uma faca de cozinha.

A mulher deve ser indiciada por denunciação caluniosa, cuja pena em caso de condenação é de até oito anos. Já o homem responderá por vias de fato. 

Veja Também