Gabarito do TJ-MG sai na terça-feira

Período para interposição de recursos também será de dois dias úteis, contados a partir do dia seguinte ao da publicação

Postado em: 25-09-2017 às 11h45
Por: Victor Pimenta
Período para interposição de recursos também será de dois dias úteis, contados a partir do dia seguinte ao da publicação

O Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJ-MG)
realizou no domingo (24) as provas objetivas do seu grande concurso público
para provimento de 15 vagas e formação de cadastro reserva em carreiras de
nível médio. São 103 mil candidatos na disputa pelos cargos de Oficial de Apoio
Judicial e Oficial Judiciário – Comissário da Infância e da Juventude do quadro
de pessoal da Justiça de Primeira Instância (Justiça Comum e Juizados
Especiais) do Estado de Minas Gerais.

Os candidatos passaram por prova objetiva contendo 80
questões de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Noções de Direito e Atos
de Ofício, aplicadas nas cidades de Belo Horizonte, Diamantina, Governador
Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha. Serão
considerados habilitados os candidatos que obtiverem pelo menos 50% de acertos
sem zerar nenhuma disciplina.

Continua após a publicidade

Gabaritos

A Consulplan, organizadora do certame, divulgará o gabarito
preliminar até esta terça-feira, 26 de setembro, em seu site –
www.consulplan.net. O período para interposição de recursos também será de dois
dias úteis, contados a partir do dia seguinte ao da publicação. Os recursos
devem ser encaminhados pelo site do certame.

Para Oficial de Apoio Judicial está prevista ainda prova
prática de digitação, que será realizada em data divulgada posteriormente, na
cidade de Belo Horizonte. A prova será aplicada apenas para os 3.500 melhores
classificados na prova objetiva em ampla concorrência, para os 700 melhores nas
vagas reservadas a negros e pardos e aos 350 mais bem classificados que
concorrem nas vagas para pessoas com deficiência. A prova versará sobre texto
dado a conhecer no momento de sua realização, observada a formatação
solicitada, em microcomputador e/ou computador portátil (notebook) com a
utilização de teclado externo configurado em Português Brasil, Padrão ABNT 2 e
Editor de Texto (Microsoft Word 2007 ou superior), em ambiente Microsoft
Windows.

O concurso terá validade de dois anos a partir de sua
homologação de resultado, prazo que pode ser prorrogado uma vez pelo mesmo
período.

Concorrência

Cerca de 72 mil candidatos disputam as vagas como Oficial de
Apoio Judicial, 68 mil deles na ampla concorrência, 3 mil disputando as vagas
para candidatos negros e 700 a reserva para candidatos com deficiência. Já para
Oficial Judiciário – Comissário da Infância e da Juventude, mais de 30 mil
pessoas se inscreveram, sendo 28 de ampla concorrência, 1.600 disputando as
vagas para negros e 500 candidatos com deficiência.

São abertas dez vagas para Oficial de Apoio
Judicial e cinco para Oficial Judiciário – Comissário da Infância e da
Juventude, cargos de escolaridade média e com salários iniciais de R$ 3.457,01. 

Foto: Reprodução

Veja Também