Móveis de grife: luxo desembarca em Goiânia

Grifes de móveis e acessórios para casa começam a mudar conceitos e a criar outros. “Marcas fazem móveis serem tão desejados quanto uma valiosa joia”

Postado em: 03-09-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Grifes de móveis e acessórios para casa começam a mudar conceitos e a criar outros. “Marcas fazem móveis serem tão desejados quanto uma valiosa joia”

Excelência. Esta, certamente, é a palavra que define, da melhor forma possível, a classificação de um novo conceito de móveis de luxo. Um mercado em franca expansão que conseguiu reunir muito mais que beleza. Trouxe na bagagem – para ficar, diga-se! – materiais alternativos mais eficientes e mais baratos; modelos e projetos exclusivos para cada ambiente; inspiração em países, em épocas e em estilos; e etiqueta, é claro!, com a assinatura de um profissional que circula bem pelo mundo do design brasileiro e não deixa nada a desejar para grandes designersque têm status de celebridades internacionais que usam seus nomes como grifes. Essas marcas fazem seus produtos serem tão desejados quanto uma valiosa joia ou um esportivo conversível vermelho. Quem não queria ter uma Ferrari, por exemplo, no seu quarto ou na sua cozinha?
Em Goiás, o comércio de móveis de luxo cresceu muito nos últimos anos embalado, principalmente, pelo aumento do número de empreendimentos do setor imobiliário que apostaram no segmento premium,  tanto em condomínios horizontais como verticais. É um nicho de mercado que resiste, apesar da crise, e mostra que ainda tem fôlego. Um exemplo disso é a Mac Design, marca referência em móveis de alto padrão para áreas externas, já consolidada em Goiânia, mas que experimentou um aumento nas vendas de 40 por cento em cinco anos. Dono da franquia em Goiânia, o empresário Belarmino Pinheiro acredita que o setor de alta decoração deve continuar aquecido. O empresário e a sócia Andrea Pinheiro sabem que para se estabelecer no mercado de luxo é preciso, além de oferecer um produto de design original, com acabamento impecável e de alto padrão, estar preparado para receber um cliente diferenciado. “É um consumidor exigente e antenado no mercado em busca de móveis e peças sofisticadas e exclusivas, que atendam suas necessidades específicas. Eles pesquisam e acompanham as tendências, por isso você precisa estar preparado para atendê-lo”, explica o empresário.
São pessoas como a artista plástica Dalva Meirelles que, antes de decidir o que comprar para a varanda gourmet, fez questão de experimentar todos os móveis e objetos no próprio ambiente. Disposta a gastar, mas extremamente exigente com os detalhes, ela diz que “o que mais importa é a qualidade dos móveis, o que traduz bom design e qualidade”. Bem informada e em dia com as tendências, Dalva valoriza o investimento no “morar bem” que, para ela, significa “ter conforto e prazer de estar em casa”. Na opinião de artista, isso se completa com móveis confortáveis, que agradam à visão e integram ambiente e arquitetura. 
Quem também está sempre ligada a este universo de móveis de luxo e decoração é a empresária Isabel Araújo. Mesmo não se considerando uma consumidora em escala de produtos de luxo, ela diz que o foco é a durabilidade. “Procuramos sempre marcas que são referência no mercado. A primeira cozinha da casa dos meus pais, por exemplo, durou 20 anos”, conta ela, que explica que procurou uma grife por entender que qualidade é a principal característica de um móvel. “Eu escolhi a linha do Marcelo Rosenbaum, um quarto-escritório, com cores neutras que se adaptam à minha casa”. Isabel acredita que o produto com qualidade tem também a contemporaneidade e um senso de estética com a personalidade de grandes nomes do design. “É colocar uma identidade dentro do conceito que já é voltado para a qualidade”, completa. 

A gênese
As histórias dos surgimentos dessas marcas são bem semelhantes. Na maioria das vezes, tudo começa com uma família e um sonho. Junta-se a isso muito trabalho e completa com uma dose de obstinação pelo sucesso. Pronto. Começa aí mais uma saga de família que deu certo. É aí que a obstinação se estende para a qualidade daquilo se faz e passa-se a produzir em série peças quase que totalmente artesanais. E quando tudo isso é exposto de alguma forma – até mesmo nos papos de elevador – os produtos começam a ganhar reconhecimento. A partir daí é só ascensão. O cuidado com o qual são feitas as peças chama a atenção de curiosos e críticos e uma simples peça de móvel pode se tornar uma obra de arte, vendida com certificado de autenticidade. Quer marketing melhor?
Madeira que não é madeira ou madeira ecológica, de reflorestamento. Pedra que não é pedra, mas uma resina criada por outra empresa – também do mercado de luxo – que tem a beleza do mármore ou do granito, mas é mais barata, resistente, de fácil conservação e com uma variedade de cores e texturas quase infinitas. Fibras naturais dão um ar tropical aos móveis que podem ser usados tanto na pérgola, quanto na sala de casa ou na cozinha. E colorido. Muito colorido, com estampas que remetem à alegria. Designer moderno e nuancesretrôs fazem os móveis fugir do convencional e gritar na originalidade e na ousadia.
Uma dessas grifes que aportou recentemente em Goiânia foi a Ornare, uma marca de móveis sob medida, considerada referência em exclusividade, originalidade e sofisticação. Os móveis assinados por grandes nomes do design brasileiro arrancam suspiros até dos mais respeitados profissionais da área mundo afora. E quem disse que goiano não gosta de coisa boa engana-se redondamente. “Chegamos para atender à demanda crescente, tanto na capital quanto no interior do Estado, por móveis planejados que aliem beleza, originalidade e alta qualidade”, comemora o empresário André Tomé, proprietário da grife em Goiânia. Todas as linhas de móveis são assinadas por nomes-referência da arquitetura e design brasileiros, como Patrícia Anastassiadis, Marcelo Rosenbaum, Guto Indio da Costa, Zanini de Zanine, Ricardo Bello Dias.

Móvel de luxo é a estrela 
O high-lowé uma das mais fortes tendências da decoração atual. Essa ideia veio das passarelas da moda diretamente para os móveis e ambientes, e consiste em misturar peças sofisticadas, assinadas por designers (high=alto) com outras peças mais simples, baratas e, às vezes, até reaproveitadas (low=baixo). A mistura entre o requinte e o despojamento, que marca a contemporaneidade, é destaque em mostras importantes de decoração, como a Morar Mais por Menos, que acontece em Goiânia. Soluções criativas e sustentáveis, combinadas com móveis sofisticados, resultam em ambientes cheio de estilo e personalidade, expostas em três ambientes da mostra. 
Esta tendência que une o alto nível do design mundial com peças retrôs ou com material reaproveitáveis já é bem conhecida na principal feira de design do mundo, o Salão Internacional do Móvel de Milão. Espaços exclusivos onde esse tipo de peça é exposta são os mais visitados. É ali onde a grande maioria das ideias são materializadas e mostradas ao mundo, com receptividade altíssima e, na maioria das vezes, muitas delas vão se tornar objetos de desejo e que fazem história. De volta ao nosso habitat, a Morar Mais também ousa nessa tendência. A Praça Gourmet, por exemplo, projetada e executada pelo arquiteto Luís Aurélio Fontana e pelo designer Luiz Felipe Benjamim, preza pelo estilo “faça você mesmo”. Materiais de descartes e de demolição da obra do Palco Vaca Brava, o condomínio que recebe a mostra, foram amplamente aproveitados. Tudo coroado com o design arrojado e sofisticado do mobiliário da Mac. Outro ambiente é a Varanda Tropichic, da designer e paisagista Fernanda Seabra, inspirada na atmosfera simples, gostosa e iluminada das casas de praia brasileiras. Como em Goiânia não tem praia, Fernanda escolheu mesas e poltronas de design, que alia a beleza ao conforto, para trazer um clima de frescor e férias do litoral para uma varanda tropical chique. No Home Cinema, projetado pelas arquitetas Larissa Bretones e Cintia Borges, o destaque vai para o robusto sofá Tibet com chaise retrátil, da Verone Casa, que possui acionamento automatizado por meio de um botão na lateral de cada assento.  Duas poltronas Yan, do designer Marcelo Ligieri, dão charme ao espaço onde a palavra-chave é o conforto.

Continua após a publicidade

Estilo de vida
Este novo estilo de vida é comemorado com sucesso. Tanto a Ornare quanto a Mac Móveis têm um compromisso periódico com clientes e arquitetos. Vender móveis é mais uma das atividades que vieram junto com o que as grifes oferecem. Essas marcas primam ainda por um atendimento diferenciado e o bom relacionamento com os clientes. Não é por acaso que, periodicamente, elas abrem as portas de seus estabelecimentos para petit comités e, em alguns casos, para grandes festas. São noites e tardes de descontração, com DJs exclusivos, bate-papo entre os habitués e muito perlage. Tudo isso para demonstrar que, mais que adquirir um produto de luxo, fazer parte deste universo é colocar-se em evidência num estilo de vida que tem sempre o bom gosto como estampa principal.
 

Veja Também