Domingos Montagner, ator de ‘Velho Chico’, morre aos 54 anos

O ator Domingos Montagner, o protagonista Santo, da novela Velho Chico ( TV Globo), morreu na tarde de ontem (15), na cidade

Postado em: 16-09-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa

O ator Domingos Montagner, o protagonista Santo, da novela Velho Chico ( TV Globo), morreu na tarde de ontem (15), na cidade de Canindé – divisa entre Sergipe e Alagoas –, enquanto tomava banho no Rio São Francisco. Ele havia gravado cenas da novela, na parte da manhã, em Alagoas. Durante o mergulho, não voltou à superfície. A atriz Camila Pitanga, que estava no local, avisou à produção, que iniciou imediatamente as buscas pelo ator. Helicópteros do Grupamento Tático Aéreo, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e pescadores da região ajudaram nas buscas. 
Paulistano, Montagner tinha 54 anos. Ele começou sua carreira artística trabalhando no teatro e em circos. Atuou em 13 programas de TV, entre séries e novelas, além de nove filmes. Alguns papéis de destaque foram o Capitão Herculano Araújo, de Cordel Encatado (2011), e o presidente Paulo Ventura, de O Brado Retumbante (2012). Ele também chamou atenção como o Zyah, de Salve Jorge (2012), e Miguel, de Sete Vidas (2015). Segundo  seu site oficial, o ator iniciou sua carreira no teatro, por meio do curso de interpretação de Myriam Muniz e no Circo Escola Picadeiro.
Em 1997, formou o Grupo La Mínima com Fernando Sampaio. A Noite dos Palhaços Mudos, de 2008, lhe rendeu o Prêmio Shell de Melhor Ator. Em 2003, criou o Circo Zanni, do qual foi diretor artístico. O primeiro papel na TV foi no seriado Mothern (2006), do GNT, canal da TV por assinatura. A estreia na Globo foi também em seriados: Força Tarefa, A Cura e Divã, todos em 2009. A primeira novela, Cordel Encantado, foi em 2011. No ano seguinte, estreou no cinema, com uma participação no longa Gonzaga – de Pai Pra Filho, de Breno Silveira. 
O ator era casado com Luciana Lima, com quem tinha três filhos: Leo, de 13 anos, Antonio, de 9, e Dante, de 5.

Veja Também